Há muitas razões para um restaurante ficar no vermelho, e você deve estar preparado  para evitar cada uma delas. Aqui estão as razões mais comuns para restaurantes fecharem, e também os passos que você pode dar para garantir que eles não aconteçam com você.

Ninguém abre um restaurante ou bar com a ideia de falhar. No entanto, a falta de preparação ou erros críticos de negócios causam cerca de 60% de fechamento de restaurantes em seu primeiro ano. Com pouca margem de erro, você precisa definir sucesso do seu restaurante desde o primeiro dia.

Problemas com pessoas

Em termos de operações, os problemas dentro de sua equipe podem terminar numa tragédia, e nem sempre é possível quantificar quando se trata de relacionamentos  em seu restaurante. Deixar de se concentrar em serviços e falta de liderança durante o treinamento pode levar a um ambiente de trabalho confuso e sem inspiração.

Para evitar um serviço ruim ou um funcionário ineficaz, a solução começa na contratação. Ao escolher um novo funcionário, procure as mesmas qualidades que você teria num gerente: visão, liderança e habilidades de comunicação. Deixe claro os deveres e atributos necessários em sua descrição do trabalho para atrair os candidatos certos.

treinamento rigoroso e detalhado para levar cada novo funcionário a entender a cultura específica de trabalho. Prepare adequadamente sua equipe para o sucesso, investindo nela enquanto pessoas.

Localização ruim

Alguns restaurantes abrem sem uma pesquisa de mercado e ficam absolutamente condenados. Se você abrir um restaurante num local com pouca visibilidade, pouco tráfego de pessoas e sem estacionamento à vista, você poderá fazer pouco para remediar a situação.

Ao procurar por um espaço, sempre tenha seus objetivos em mente. Não vá atrás de um imóvel se ele não serve no seu plano de negócio. Mapeie sua região alvo e seus principais concorrentes para ter certeza que o lugar vale o investimento.

Marca mal feita

Para restaurantes, a marca é tudo. Restaurantes que tentam agradar todo mundo acabam não agradando ninguém. Defina seus atributos da marca e cumpri-los.

Às vezes, restaurantes não criam uma marca em absoluto. Sua cozinha deve ter identidade com seu nome, sua decoração e marketing. Menus que excedam 10 páginas são sinais de um potencial desastre.

Simplifique a sua imagem. Escolha uma marca clara e de nicho para construir com seus pontos fortes. Garanta que o seu menu é curto, simples e elegante. Sua singularidade é o seu maior trunfo – se você ficar mudando, seus clientes não vão querer correr o risco de descobrirem o novo quando um outro restaurante ainda está aberto.

Diversão esquecida

Os alimentos trazem o cliente, mas é a atmosfera que os faz ficar. Para restaurantes casuais, promova diversão, pois um clima agradável pode trazer público. Mais importante ainda, ele mantém os clientes em seus lugares por mais tempo e os leva a consumirem mais.

Siga essas dicas e você estará melhor equipado do que a maioria para manter seu restaurante aberto por anos e anos.

 

Via Buzztime

 

Deixe uma resposta

Como a tecnologia pode ser adaptada aos novos consumidores dos restaurantes

Publicidade
Publicidade

Para receber a newsletter Infood, digite seu e-mail no box abaixo e clique na seta.

© 2017 Infood - Todos os direitos reservados