Nesta quarta-feira pela manhã, ocorreu a cerimônia de lançamento do Guia Michelin Rio de Janeiro & São Paulo 2015, que rendeu a 17 restaurantes brasileiros as famosas “estrelas” Michelin. Com a presença de chefs, representantes do Grupo Michelin e autoridades, o evento foi realizado no Museu Brasileiro da Escultura (MuBE).

A cerimônia contou com a presença de Jean-Philippe Ollier (presidente da Michelin América do Sul), que abriu o evento com um discurso em português, assim como Claire Dorland-Clauzel (diretora de marcas e relações extremas extremas do Grupo Michelin). (O Guia Michelan) continua sendo referência na área de gastronomia. Este é o início de uma nova relação entre a Michelin e essas cidades” afirmou Dorland-Clauzel, que completou: “O guia, que vem se renovando, fornece informações qualificadas, confiáveis e dinâmicas”.

Em entrevista à INFOOD, o chef Alex Atala comentou a importância de um prêmio como esse chegar ao Brasil: “isso solidifica o momento em que a gastronomia brasileira vive. 17 restaurantes estrelados e 25 Bib Gourmand mostram que São Paulo e Rio são líderes da América Latina”. Chef do Miya, Flávio Miyamura destaca a escolha do Brasil: “É o guia mais antigo, de fundamental importância. A gente entrar no mapa e estar no olhar deles é muito importante. A gente chamou atenção”.

Com mais de 300 páginas e premiando tanto hotéis quanto restaurantes, o Guia possui as seguintes premiações no âmbito gastronômico:

1 estrela: (para uma cozinha “muito boa”)
2 estrelas (para uma cozinha “excelente”)
3 estrelas (para uma cozinha “excepcional”)

 

IMG_0282O chef Flávio Miyamura, do Miya
IMG_0276Alex Atala foi premiado com três estrelas ao total: duas pelo D.O.M e uma pelo Dalva e Dito.

No Guia, há também uma distinção para restaurantes que possuem a melhor relação preço/qualidade, integrantes da categoria Bib Gourmand.

Os principais critérios utilizados pelos inspetores anônimos, que percorrem 30 mil quilômetros e recebem mais de 45 mil mensagens de leitores, são:

a) Qualidade do produto
b) Domínio técnico
c) Personalidade do chef
d) Relação qualidade/preço
e) Regularidade
 IMG_0494A primeira edição do Guia Michelin Rio de Janeiro & São Paulo contém mais de 140 restaurantes.

Com 24 guias espalhados pelo mundo, a Michelin premiou os seguintes restaurantes na primeira edição brasileira de seu guia:

 

Duas estrelas:

D.O.M. (Alex Atala – SP)

Uma estrela:

Attimo (Jefferson Rueda – SP)
Epice (Alberto Landgraf – SP)
Tuju (Ivan Ralston – SP)
Maní (Helena Rizzo, Daniel Redondo – SP)
Fasano (Luca Gozzani – SP)
Huto (Fábio Honda – SP)
Jun Sakamoto (Jun Sakamoto – SP)
Dalva e Dito (Alex Atala, Luiz Gustavo Galvão – SP)
Kinoshita (Tsuyoshi Murakami – SP)
Kosushi (George Koshoji – SP)
Oro (Felipe Bronze – RJ)
Le Pré Catelan (Roland Villard – RJ)
Roberta Sudbrack (Roberta Sudbrack RJ)
Olympe (Claude Troisgros, Thomas Troisgros RJ)
Mee (Rafael Hidaka – RJ)
Lasai (Rafael Costa e Silva – RJ)

 

Bib Gourmand (relação qualidade/preço)

São Paulo:
Mocotó
Esquina Mocotó
L’Entrecôte de Paris
Tian
Brasserie Victória
Sal Gastronomia
Antonietta Empório
Jiquitaia
Mimo
Ecully
Zena Caffè
Miya
Tartar & Co
Arturito
Casa Santo Antônio
Marcel
La Cocotte

Rio de Janeiro:
Lima Restobar
Miam Miam
Entretapas
Oui Oui
Restô
Artigiano
Pomodorino
Cais

 

Por Vinícius Andrade
Fotos: Fernanda Moura

Uma ideia sobre “Cerimônia de lançamento do Guia Michelin premia restaurantes brasileiros”

Deixe uma resposta

Chef Meia Noite, do Capim Santo: “Não escolhi a cozinha: ela que me chamou”

Publicidade
Publicidade

Para receber a newsletter Infood, digite seu e-mail no box abaixo e clique na seta.

© 2017 Infood - Todos os direitos reservados