Abaixo o branco! Qualquer receita fica ainda melhor se você ousar valorizá-la com cores! Esse é o desafio de Lúcia Eid, ceramista apaixonada por comida, no livro “Prato Feito – Cozinhando com as Cores” que está sendo lançado pela editora SESI-SP.
Receitas de família, testadas e retestadas ao longo de décadas e cerâmicas cheias de cor são a fórmula para Lúcia passar sua mensagem: sair da mesmice e fugir do domínio do branco na hora da mesa.
“Não tem prazer maior do que servir uma refeição caprichada, num prato especial, sobre um fundo que valorize tanto as peças quanto o alimento”, diz Lúcia Eid.

lucia_eid
Sem dúvida, a obra é de “dar água na boca”. São cerca de 30 receitas, adaptadas e reinventadas, caldos, antepastos, um jeito singular de preparar frutos do mar, um apetitoso pão de queijo com linguiça curada, ideias de confort food e finger food, entre outras delícias acolhedoras. Nada de complicações, são simples e convidativas – comida do dia a dia colorida pelas cerâmicas.
Em cada página o leitor encontra pistas para descobrir a origem ou conhecer alguma história curiosa sobre os ingredientes e a forma de prepará-los.
A história de amor de Lúcia com a cerâmica começa quando decide criar peças para compor suas aventuras gastronômicas, já que não encontrava louças que combinassem com seus preparos. Afinal, as receitas tão especiais, muitas vindas das histórias de família entre as bagagens da mãe e da avó, precisavam de cores, muitas cores para valorizá-las!
E foi na argila que ela encontrou esse caminho, hoje refletido em uma tendência internacional já consagrada na Europa ( Espanha, Portugal, França e Itália são alguns berços da mesa cheia de vida) que é a de colorir a mesa, tirando a seriedade do branco puro.
“Crio as cerâmicas em meu ateliê, na Olaria Paulistana, e esta é uma experiência prazerosa que quero compartilhar. Gostaria que todos pudessem vivenciar a possibilidade de transformar as refeições em uma festa colorida”, conta Lúcia.
No livro, a seleção de imagens de pratos, potes e travessas vazias revela as múltiplas possibilidades de compor esquemas de cores e de formas ora geométricas e minimalistas ora quentes e orgânicas.
“Contraste é sempre bom, cores escuras dão contornos para cores claras. Se o prato é escuro, a comida deve ser clara e vice-versa. Entre minhas combinações preferidas estão turquesa com roxo, azul com laranja, marrom com rosa”, explica a colorista.
Lúcia ainda destaca que o prato deve estar inserido em um contexto harmônico com o fundo, toalha, sousplast ou o jogo americano. “O prato é uma cor complementar, um balde sólido de tinta”, enfatiza.
O livro traz uma experiência visual fascinante através das imagens captadas pela câmera de José Goes, marido de Lúcia e seu personal fotógrafo. Aliás, ele é mais uma inspiração para seu trabalho e recebe a dedicatória da obra.
“Prato Feito – Cozinhando com as Cores” é um livro essencial para a gastronomia contemporânea.

prato_feito_cozinhando_com_as_cores

Para mais informações:

Acompanhe o Instagram da #olariapaulistana
Facebook Olaria Paulistana – https://www.facebook.com/pages/Olaria-Paulistana-Atelier/607914342564755?fref=ts
Facebook de Lúcia Eid – https://www.facebook.com/lucia.eid

 

Texto - Divulgação
Fotos - José Goes

 

Deixe uma resposta

Micro cozinhas e o desafio da administração de pequenos espaços

Publicidade
Publicidade

Para receber a newsletter Infood, digite seu e-mail no box abaixo e clique na seta.

© 2017 Infood - Todos os direitos reservados