A Agricultura Biodinâmica surgiu na década de 1920, e foi o primeiro movimento de agricultura orgânica. Ela pretende desenvolver uma paisagem cultivada sadia, em que a qualidade dos alimentos seja aprimorada a partir do cuidado com o solo.

Pedro Jovchelevich é coordenador executivo na Associação Brasileira de Agricultura Biodinâmica que, desde 1995, tem como missão gerar, desenvolver e fomentar a Agricultura Biodinâmica. Ele explica que, na agricultura biodinâmica, “procura-se a cura da terra, o bem-estar do produtor, a produção de alimentos sadios para o consumidor, o desenvolvimento da espiritualidade do homem, através do desenvolvimento de forças existentes no mundo natural e a participação da humanidade nesse processo.”

A Agricultura Biodinâmica não é apenas uma atividade econômica, pois o agricultor biodinâmico preocupa-se em enriquecer os meios de produção para legá-los às futuras gerações.

Pedro, que é graduado em Engenharia Agronômica pela ESALQ-USP , com  MBA em especialista acadêmico em Agricultura Biológico-Dinâmica pela UNIUBE/Inst. ELO, mestrado na área de horticultura na FCA-UNESP de Botucatu e doutorado na FCA-UNESP, além de docente no curso de especialização lato sensu em Agricultura Biodinamica da Associação Elo e UNIUBE, acredita que “a consciência do consumidor urbano esta evoluindo”.

Pedro Jovchelevich, da Associação Brasileira da Agricultura Biodinâmica

“Todo agricultor biodinâmico é orgânico, mas nem todo orgânico é biodinâmico”, explica Pedro. “O manejo biodinâmico se diferencia pelo uso dos preparados biodinâmicos, ritmos astronômicos e uma visão da propriedade como um organismo agrícola com menor dependência de insumos externos à propriedade”.

Jovchelevich acredita que o estímulo à venda direta é a melhor maneira para que o alimento orgânico chegue à população com um preço mais acessível. No que se refere aos restaurantes, ainda falta consciência dos estabelecimentos por um produto de alto valor biológico como o orgânico.

“É necessário também muito apoio de políticas públicas que estimulem este sistema de produção, se quisermos pensar num consumo orgânico cada vez maior”, finaliza Pedro.

 

Associação Brasileira de Agricultura Biodinâmica

http://biodinamica.org.br/

 

 

Por Redação

Fotos: 

 

Deixe uma resposta

Restaurantes devem ter um vinho da casa?

Publicidade
Publicidade
© 2017 Infood - Todos os direitos reservados