midias_sociaisO Facebook e os melhores restaurantes convivem, mas, em muito casos, não existe uma estratégia clara para o uso dessa ferramenta. Algumas casas ainda resistem e não desenvolvem páginas nas mídas socias, mas isto não significa que não estão lá.  Muitas vezes, páginas não oficiais (PNO) são geradas, e a casa, além de não aproveitar da ferramenta, acaba não controlando a divulgação de suas informações.

Não existe dúvida da eficiência da ferramenta na divulgação de um restaurante e na difusão do cardápio e de suas promoções. Porém, a rede social, por sua natureza, abre um canal direto com o consumidor para perguntas, queixas e avaliações, e nem todo o chef ou restaurateur parece preparado para administrar esse diálogo. Falta de tempo e estrutura podem justificar a falta de atuação, mas será mesmo que uma casa deve ficar de fora da mídia social?

Buscando uma referência, decidimos avaliar como fazem os 15 melhores restaurantes do mundo, e usamos a lista do ranking da revista britânica The Restaurant* (“The world´s 50 Best Restaurants”) para usarmos como base. Os 15 melhores do mundo, nessa avaliação,  são de 11 países: Espanha, com três representantes, vem em primeiro, França e Peru em segundo, com dois, e os demais países têm apenas um representante. A variedade é positiva para análise, e outro bom indicador é o fato de termos um maior número de restaurantes europeus. Como o Facebook e as redes sociais são um fenômeno americano, é natural que empresas desse país priorizem a ferramenta, mas entre os 15, só temos um restaurante dos Estados Unidos.

Dos 15 restaurantes destacados no ranking, apenas 3 não possuem páginas no Facebook: o italiano Osteria Francescana, o brasileiro D.O.M. e  o espanhol Asador Etxebarri, mas nos três casos, existem páginas não oficiais (PNO) na rede. São páginas que não são administradas pelos restaurantes, mas permitem a interação de consumidores. Estas páginas são criadas por consumidores e são identificadas como páginas não oficiais.

Dos 12 que mantém uma página no Facebook, o conteúdo reúne fotos, vídeos e postagens. Em alguns casos existe destaque para a rede social no site oficial, em outros não existe nenhuma menção, demonstrando que as estratégias de comunicação não são conjuntas.

Veja os números destas páginas na pesquisa feita pela redação da INFOOD:

restaurantes_facebook

PNO – página não oficial
N.D. – Não divulgado na página

El Celler de Can Roca

O maior destaque vai para o El Celler de Can Roca, o restaurante espanhol que acumula os melhores números. No dia que fizemos a pesquisa (18 de agosto de 2015), eram 4.670 pessoas falando sobre  o restaurante e 82.278 curtidas. Ele só perdia no volume de check-in em sua página para o inglês Dinner by Heston Blumenthal com 51.144 check-in.

el celler de can roca_facebook

Na abertura, destaque para o ambiente e para os donos da casa, os irmãos Roca: Joan, Jordi e Josep. A casa usa o formato oferecido pelo Facebook de forma discreta.

el celler de can roca_facebook_2

O conjunto de fotos das galerias apresenta os sócios, pratos e toda a equipe do restaurante. Todo material é muito bem produzido e reflete o dia-a-dia da casa, a rotina do restaurante.

As postagens nos últimos três meses eram regulares, mas não diárias. Em junho foram 8 postagens, em julho 9 e em agosto, até o dia 18, já estavam em 17 postagens. Em sua maioria são links para conteúdos sobre o restaurante e fotos produzidas dos pratos e da operação.

O levantamento não permite definir que o Facebook é fundamental para os negócios. Depois da pesquisa, ainda cremos que é possível gerar negócios sem a rede social, mas é fato que estas quinze casas pouco precisam de divulgação na rede. O fato é que suas páginas garantem interação com seu público, em especial os turistas que buscam os melhores restaurantes do mundo em suas viagens.

Em alguns casos, os restaurantes mantém a ferramenta de avaliação do Facebook, permitindo que os clientes façam a avaliação dos seus estabelecimentos. Não acontece com todos os restaurantes que avaliamos, mas é uma ferramenta presente na grande maioria. De concreto, a rede social permite acesso às informações básicas das casas.

 

Serviço:
Os links das páginas oficiais e páginas não oficiais (PNO) dos restaurantes avaliados
EL CELLER DE CAN ROCA – ESPANHA
https://www.facebook.com/montserrat.roca.1/timeline
OSTERIA FRACESCANA – ITÁLIA
https://www.facebook.com/pages/Osteria-Francescana/133010070068516?fref=ts
NOMA – DINAMARCA
https://www.facebook.com/nomarest/timeline
CENTRAL – PERU
https://www.facebook.com/CentralRestaurante/timeline
ELEVEN MADISON PARK – ESTADOS UNIDOS
https://www.facebook.com/ElevenMadisonPark/timeline
MUGARIT- ESPANHA
https://www.facebook.com/mugaritz/timeline
DINNER BY HESTON BLUMENTHAL – INGLATERRA
https://www.facebook.com/pages/Dinner-by-Heston-Blumenthal/139734949419719?sk=likes
NARISAWA – JAPÃO
https://www.facebook.com/pages/NARISAWA/270662346367108?sk=timeline
D.O.M. – BRASIL
https://www.facebook.com/pages/Restaurante-DOM/261997270562720?fref=ts
GAGGAN – TAILÂNDIA
https://www.facebook.com/pages/Gaggan/171404319561999?sk=timeline
MIRAZUR – FRANÇA
https://www.facebook.com/pages/Mirazur-/112790808731143?fref=ts
L´ARPÈGE – FRANÇA
https://www.facebook.com/restaurant.arpege
ASADRO ETXEBARRI – ESPANHA
https://www.facebook.com/pages/Asador-Etxebarri/126937460682677
ASTRID Y GASTÓN – PERU
https://www.facebook.com/AstridyGastonLima/timeline
STEIRERECK – AUSTRIA
https://www.facebook.com/pages/Steirereck-im-Stadtpark/101050046605706?sk=timeline

 

Por Redação
 

Deixe uma resposta

Acessibilidade na gastronomia

Publicidade
Publicidade

Para receber a newsletter Infood, digite seu e-mail no box abaixo e clique na seta.

© 2017 Infood - Todos os direitos reservados