Uma boa novidade que acaba de abrir em Pinheiros é o gastrobar Osake. A casa tem ambiente intimista e aconchegante, com um interessante balcão, mesinhas e sofás.

Além das bebidas, o Osake oferece uma boa gastronomia. A casa, que é dos sócios fundadores do Dô Culinária Japonesa, juntamente com os amigos Rodrigo Gavioli e Rodrigo Enji Fujita, está localizado na rua Ferreira de Araújo, no Baixo Pinheiros, e tem misturas clássicas de coquetéis, uma vasta opção com gin tônicas e os drinques autorais preparados pelo bartender Alexandre Arruda.

Alexandre, que trabalhou no SubAstor por 9 anos, fez curso de Barmam no Senac e curso de Somellier de Cerveja no Instituto da Cerveja, além de outros cursos particulares com profissionais do ramo. E, para se atualizar, Alexandre procura estudar sempre, e acompanhar o que está acontecendo na coquetelaria mundial através de pesquisas.

Sua entrada nesse ramo foi bem ao acaso. Em 1993, foi trabalhar numa balada como ajudante de bar e então se encantou com o mundo maravilhoso de bartender.

O bartender Alexandre concedeu um entrevista exclusiva à INFOOD.

INFOOD – Quais são os drinks do momento?

ALEXANDRE – Os drinks do momento, na minha opinião, são os clássicos mundiais. Mas o que está realmente na moda é gin tônica com suas variações. Há também o Negroni, o Moscow Mulle, e o Aperol Spritz entre outros.

INFOOD – Quem é o seu público?

ALEXANDRE – Meu público, em geral, é um público entendedor, que tem conhecimento de drinks e destilados. A maioria deles é muito exigente com a perfeição no preparo dessas bebidas. A maioria não se preocupa muito com os valores dos drinks, pois querem mesmo uma gostosa experiência.

INFOOD – Qual o diferencial que o Osake oferece no que se refere a drinks?

ALEXANDRE – O Osake oferece uma carta de 26 drinks muito bem elaborados e traz alguns exclusivos criados por mim, como o Sake Punch que já é um sucesso e outros drinks a base de sake, cachaça, tequila, gin… Uma coisa que faço e que poucos bartenders fazem é criar drinks de acordo com o perfil do cliente e com ingredientes que o cliente gosta. O Osake também traz alguns drinks um pouco esquecidos no cenário nacional, como o Caju Amigo, feito todo artesanal, com clover club, Maria Mole, Bomberinho, e o nosso Bloody Mary.

INFOOD – Num gastrobar, como você faz para harmonizar os seus drinks com a comida?

ALEXANDRE – Como toda harmonização, comidas leves pedem drinks leves. Já comidas mais gordurosas pedem drinks mais cítricos, frisantes e amargos. Então, vou “brincando” com meus clientes conforme os pratos que eles pedem.

INFOOD – Quem vai para um gastrobar quer comer e beber bem. Qual a receita do sucesso?

ALEXANDRE – O segredo do sucesso, em primeiro lugar, é fazer tudo com muito amor, recepcionar bem o cliente, com sorriso no rosto, fazendo com que ele pareça estar em casa, e dar a maior atenção possível. Você não vai poder nunca deixá-los com a sensação que você se esqueceu deles. Deve-se sempre estar interagindo e brincando. É preciso fazer daquele momento, um momento único.

 

Osake

Rua Ferreira de Araújo, 323 – Pinheiros – SP/SP
Tel. (11) 2776-0241
https://www.instagram.com/osakebar/
https://www.facebook.com/barosake/?ref=br_rs

Por Redação

Fotos: Thais Bittar

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O balanço dos números da Educação Superior em Gastronomia no Brasil

Publicidade
Publicidade

Para receber a newsletter Infood, digite seu e-mail no box abaixo e clique na seta.

© 2018 Infood - Todos os direitos reservados