Instagram para negócio

midias_sociaisMais de 60 milhões de fotos são compartilhadas diariamente no Instagram. A rede social, que pertence ao Facebook, é uma das plataformas de mídia social mais populares do mundo.

E o Instagram pode ser um bom jeito de ajudar o seu restaurante – sendo capaz de atrair novos clientes e impulsionar suas vendas. Na busca por alguns dos 1,2 bilhões de likes que são dados diariamente pelos usuários da rede, o seu restaurante precisa ter um olhar atento ao Instagram, evitando alguns erros comuns.

Confira algumas dicas e os principais erros em relação ao uso do Instagram para negócio por parte dos restaurantes.

Dicas:

  • Não se limite somente à comida: claro que você quer mostrar a sua comida para os clientes, mas se sua conta no Instagram mostrar pratos de comida foto após foto, os clientes vão ficar entediados. É importante tirar outros tipos de foto que mostrem personalidade e façam sua conta mais interessante, como fotos de decorações, funcionários e promoções.

 

holypastafoodtruck_instagram-4Holy Pasta Food Truck divulga seu próximo destino com foto da equipe
  • Use hashtags: não se esqueça do poder das hashtags! Assim como no Twitter, as hashtags podem ajudar os clientes a encontrar o seu restaurante. Todos os usuários que estiverem olhando por uma tag escolhida por você (#brasil, #food, etc.) vão olhar para a sua foto.
dom_restauranteO restaurante D.O.M. não possui uma conta no Instagram, mas uma hashtag é usada por clientes divulgando a casa
  • Ofereça promoções aos seus seguidores: dê aos seus clientes uma razão para eles te seguirem. Compartilhar fotos é bom, mas garanta que seus clientes estejam recebendo algo em troca. Muitas empresas divulgam fotos de suas novas promoções ou compartilham códigos promocionais.
  • Pergunte aos seus seguidores: é importante engajar os clientes e encorajá-los a compartilhar. Um jeito de se fazer isso é perguntando e incentivando os consumidores a responder em forma de foto, utilizando alguma hashtag especial.
holypastafoodtruck_instagram-2Foto do prato do Holy Pasta provoca os consumidores para interagir: Você conhece?
  • Use boas fotos: isso pode soar óbvio, mas é um tópico muito importante. Garanta que suas fotos estejam com a melhor iluminação possível. Fotos que não sejam atraentes não farão você ganhar mais seguidores e novos clientes. Você não precisa, necessariamente, contratar um fotógrafo profissional, mas é preciso garantir que suas fotos estejam boas.
dom_restaurante_2Foto da entrada do restaurante D.O.M. postada na hashtag #domrestaurante
  • Interaja: siga restaurantes parecidos com o seu, assim como amantes de comida na sua região. Se um novo usuário seguir você, não se esqueça de interagir com ele.

 

  • Monitore: monitore as marcações e hashtags do seu restaurante. Além disso, é possível ver qual é o melhor horário para você fazer a postagem das fotos do seu restaurante através do Statigr.am. (http://iconosquare.com/instagram-statistics)
holypastafoodtruck_instagram-3Além da hashtag holypastafoodtruck, o Holy Pasta também usa o #vem para rua, #naruaehbemmaisdahora e #foodtruck

Erros:

  • Ser inativo: o Instagram é, nesse caso, igual a qualquer outra rede social: não faz sentido usá-lo se você não é um usuário ativo. Uma conta raramente atualizada pode fazer o seu restaurante parecer preguiçoso ou despreocupado. É preciso postar regularmente.

 

  • Postar o mesmo conteúdo: se o seu Instagram possui apenas as mesmas fotos que aparecem no Facebook e no Twitter do seu restaurante, qual é o sentido? Por que alguém seguiria o seu perfil? Garanta que sua conta ofereça coisas novas.

 

  • Fotos ruins: Você quer atrair os seus clientes, não mantê-los longe do seu restaurante.

 

  • Não oferecer nenhuma novidade: o Instagram é um bom jeito de mostrar um outro lado do seu negócio. Se você não estiver mostrando nada de novidade ao seu cliente, você não está aproveitando a rede social do melhor jeito. Tire fotos dos bastidores, coisas que estão acontecendo no bairro. Os clientes querem perceber quem você realmente é.

 

 

Por Vinícius Andrade

Deixe uma resposta

Chef Meia Noite, do Capim Santo: “Não escolhi a cozinha: ela que me chamou”

Publicidade
Publicidade

Para receber a newsletter Infood, digite seu e-mail no box abaixo e clique na seta.

© 2017 Infood - Todos os direitos reservados