TESTO_LOGO_OFERECIMENTO

 

 

logo-premio-2

 

Laurent Suaudeau recebeu esta semana o reconhecimento por sua contribuição profissional na gastronomia brasileira, sendo o primeiro premiado do Prêmio Infood de Gastronomia 2016. A partir desta semana, serão revelados os outros 6 vencedores desta primeira edição.

Junto com sua equipe e sua esposa, ele recebeu o troféu, um escultura feita especialmente para a ocasião. A entrega ocorreu em sua escola de gastronomia, o lugar mais adequado para quem tanto contribui com a formação de tantos profissionais em nosso país.  Ele fez questão de estender o reconhecimento deste prêmio, que se junta a muitos que recebeu em sua carreira, com sua equipe.

Muito do que a Infood acredita se baseia em conceitos que o Laurent defende. Em seu livro ‘Cartas a um jovem chef’, ele ensina que não é possível sair da escola sendo chef e comandar uma cozinha. É preciso lavar muita salada, prato e chão. O reconhecimento profissional e financeiro virá caso se torne um bom cozinheiro.  No livro, também é difícil encontrar a palavra chef. Você encontrará a palavra ‘cozinheiro’ como Laurent gosta de se referir a sua profissão. Apesar deste princípio também ser seguido em nosso site, hoje, excepcionalmente falarmos de um mestre, uma pessoa que de fato merece ser chamado de Chef.

Aproveitamos o depoimento de Rogério Fasano sobre o chef e amigo para abrir este texto que fala da carreira de Laurent, e seu papel junto ao mercado e o desenvolvimento da gastronomia em nosso país.

rogerio-fasano“Laurent é um Maestro. É professor da nossa geração e das atuais. É seu verdadeiro grande prazer: espalhar conhecimentos, não apenas técnicos, mas de ética. Um grande exemplo a todos os chefes”     Rogério Fasano

laurent-6-infoodLaurent Suaudeau recebe o prêmio das mãos de Reginaldo Andrade

Laurent Suaudeau

Prêmio Contribuição Profissional 2016

Resumo da carreira:

Laurent Suaudeau nasceu em Cholet, na França, em 14 de setembro de 1957. Com 59 anos de vida, ele acumula 44 anos de carreira, sendo 36 deles trabalhando no Brasil.

Aos 13 anos de idade ele já trabalhava com sua Tia Raymonde durante suas férias, numa rotina que o levava a descascar de 50 a 60 quilos de batata pela manhã. Aos 15 anos, começou seu aprendizado no restaurante administrado pelo chef Yvon Garnier e depois cursou o Lycée Techinique, em Guérande, quando conheceu o chef Jean Guerin que o indicou para os chefs Michel Guerard e Paul Bocuse. Aos 17 anos, Laurent era o mais jovem integrante da brigada de Michel Guerard e depois trabalhou com o Paul Bocuse.

A Paul Bocuse, importante mestre da gastronomia, devemos a honra de termos recebido Laurent Suaudeau no Brasil, pois foi ele quem o indicou para chefiar o restaurante Saint Honoré no Hotel Méridien em Copacabana. Aos 23 anos de idade, em 1980, Laurent chegava ao Brasil para cuidar desta operação.

Aqui conheceu e se apaixonou pela piauiense Dejacy, a Sissi, com quem teve 2 filhos.

laurent-infood20Laurent e sua esposa Sissi

Depois do Saint Honoré, o chef abriu seu próprio restaurante, o Laurent no Rio de Janeiro em 1986 , logo depois considerado o melhor restaurante daquela cidade.

Em 1991, o chef mudou-se para São Paulo, onde conduziu a cozinha do seu novo restaurante Laurent. Em 1994 fundou a ABAGA (Associação Brasileira de Alta Gastronomia), que presidiu por quatro anos.

Em 2007, abriu o espaço Laurent e a Escola das Artes Culinárias Laurent para a formação de cozinheiros e onde também atua como consultor.

No último dia 6 de novembro, Laurent anunciou a criação de um Instituto para a formação de jovens entre 16 a 21 anos de baixa renda. Ali um grupo de alunos, durante um ano, conta com aulas semanais.

laurent-10-infoodLaurent recebe o troféu, uma escultura exclusiva

Alguns prêmios ganhos por Laurent Suaudeau:

Revista Veja São Paulo- Chef do Ano 1999

Revista Veja São Paulo- Chef do Ano 2003

Revista Gula – Chef do Ano 2003

Guia 4 Rodas – Chef do Ano 2003

Revista Gula – Melhor restaurante Francês de São Paulo 2003

Revista Veja São Paulo – Melhor restaurante Francês de São Paulo 2003

Revista Gula – Melhor restaurante Francês de São Paulo 2004

Revista Veja São Paulo – Melhor restaurante Francês de São Paulo 2004

 

laurent-18-infoodLaurent e sua equipe na Escola das Artes Culinárias Laurent

 

Por Redação

Fotos: Felipe Aranha

 

Deixe uma resposta

Thomas Troisgros: “Há uma grande procura por casas com comida mais despojada”

Publicidade

Publicidade
-->
-->

Para receber a newsletter Infood, digite seu e-mail no box abaixo e clique na seta.

© 2017 Infood - Todos os direitos reservados