Com previsão de inauguração para o início de 2016, começa a fase da instalação da Escola de Gastronomia Le Cordon Bleu Rio, em Botafogo. É o momento de inserir os equipamentos industriais de última geração importados da Alemanha, China, França, Índia e Itália, além dos Estados Unidos. A primeira filial brasileira do tradicional instituto de culinária francesa é uma aposta do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação e da Fundação de Apoio à Escola Técnica (FAETEC), em qualificar profissionais para o setor gastronômico e turístico do Rio de Janeiro.

Cerca de 12 milhões estão sendo investidos na Le Cordon Bleu do Rio, sendo parte desse montante destinado à aquisição de máquinas com tecnologia de ponta para a cozinha industrial. Os primeiros fornos com sistemas automáticos de alta potência e as câmaras de fermentação de última geração já chegaram ao Rio de Janeiro. Os equipamentos, que custam até 130 mil reais, aumentam a produtividade e minimizam os custos e o tempo no preparo de alimentos.

Um equipamento de cozimento automático, da Alemanha, que sintetiza todos os processos de cozimento, como assar, dourar, fritar, gratinar, grelhar e cozinhar a vapor, entre outros modos, está sendo importado para escola. Ele calcula sozinho o tempo, a temperatura e a umidade no preparo de qualquer alimento. O aparelho ainda possui um sistema inteligente de otimização de cargas mista na produção e no serviço à carta, bem como de limpeza totalmente automatizado. É o que existe de mais moderno no setor de gastronomia no mundo.

“Os alunos serão preparados com o que há de mais sofisticado no mercado em funcionalidade e versatilidade. Estão sendo escolhidos equipamentos com métodos de processamento mais eficientes e que conservam o aroma e o sabor das receitas. Para não sair do padrão adotado pela Le Cordon Bleu de outros países, foram selecionados aparelhos confiáveis em qualidade e de fácil manuseio pelos aprendizes”,  explica o presidente da FAETEC, Wagner Victer.

le_cordon_bleu_cozinhasImagens das cozinhas da Le Cordon Bleu, referência no uso dos melhores equipamentos

Entre os equipamentos que foram especificados com as equipes técnicas do Cordon Bleu que se destacam, está o fogão de botões, da França, que funciona à base de indução. O aparelho elétrico só cozinha e ferve os alimentos quando colocados em contato direto com panelas específicas de fundo triplo. A placa de indução inibe o calor excessivo e o contato da superfície de vidro com outro tipo de recipiente gera o resfriamento.

Outro diferencial nessas aquisições é a escolha por equipamentos voltados à produção de comidas regionais. O Tandoor oven, por exemplo, é um aparelho utilizado em pratos da culinária indiana, como o característico pão do país. Da China, estão sendo importados o fogão Wok, que conta com chamas potentes e necessárias para o cozimento de algumas receitas orientais, e o Duck roasting oven, um forno próprio para cozinhar “Patos de Pequim”, típicos da região.

Dos modelos americanos, serão comprados um Defumador, com capacidade para produzir grandes quantidades de peças defumadas, e uma máquina Temperadeira, voltada para fabricação de chocolates artesanais e produtos de confeitaria e padaria. Já da Itália foi escolhido um aparelho destinado à fabricação de sorvetes em escala comercial por seu fácil manuseio.

A escola também foi projetada com espelhos nos tetos em algumas das salas para facilitar o aprendiz a acompanhar o passo a passo das receitas feitas pelos instrutores. Todo o curso será filmado com câmeras, que projetarão ao vivo o trabalho em televisores por salas-auditórios. O projeto da Le Cordon Bleu ainda conta com um restaurante-escola e um café-confeitaria abertos ao público, onde o cardápio será preparado pelos próprios alunos sob a orientação dos professores-chefs.

“A unidade do Rio também traz outra novidade: os docentes utilizarão ingredientes 100% produzidos no estado em suas receitas. A proposta é formar profissionais que dominem o método francês adaptado à culinária brasileira”, garante Wagner Victer.

Em dois anos, os aprendizes serão qualificados com técnicas de culinária francesa tradicional – que combina os diplomas de Pâtisserie com o de Cozinha, de Técnicas de Cozinha –, Pâtisserie (padaria francesa especializada em bolos e doces), Bakery (pães), vinhos e queijos, além de cursos de curta duração em alta gastronomia. A metodologia acadêmica será a mesma adotada em outros países com a escola Le Cordon Bleu.

De acordo com o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Gustavo Tutuca, no Cordon Bleu Rio, 20% das vagas serão destinadas gratuitamente a estudantes da FAETEC.

Os critérios de seleção serão elaborados e divulgados pela Fundação, que priorizará os alunos oriundos dos cursos de gastronomia já existentes na Fundação associado a critérios sociais – definiu Tutuca.

As inscrições para os cursos ainda não foram abertas, e a previsão é que as primeiras turmas iniciem no primeiro semestre de 2016. Para mais informações, envie um email para mrodrigues@cordonbleu.edu

 

Por Redação

 

11 ideias sobre “Le Cordon Bleu Rio começa a instalar seus equipamentos de alta tecnologia”

  1. manoel c.lima disse:

    E um dos grande sonhos de minha vida fazer um curso na nesta instituição de de gastronomia para nos Brasileiro e uma grande horar ter uma escolar deste calibre em nosso país

  2. fabios1977 disse:

    Gostari muito de fazer parte deste grande familia instituição de gartronomia Le Cordon Bleu

  3. Felipe Eunuco dos Santos disse:

    Adoraria fazer parte dessa famila e seria uma grande honra para mim

  4. Fernanda Pires disse:

    Perfeita muita honra ter uma filial aqui no Brasil a Le Cordon Bleu considerada a Melhor escola de gastronomia do Mundo, Realmente um sonho se formar nesse lugar
    #Gastronomia#Confeitaria#sonho#vai#se#realizar#em#nome#de#Jesus

  5. Vera Lúcia Corrêa Hardensett disse:

    Eu realmente teria o maior prazer em fazer parte desse mundo o lê Cordon Bleu !

  6. Vera Lúcia Corrêa Hardensett disse:

    Oiiii eu gostaria muito de saber quais cursos têm seus horários e preços se possível obrigado é bom dia!

  7. Infood disse:

    Vera Lúcia,
    A escola ainda não disponibilizou os horários, cursos e como se inscrever. A previsão é que a Escola seja inaugurada no 2º semestre de 2016. Assim que tivermos os dados completos vamos divulgar aqui na INFOOD.

    Redação

  8. fabio santos disse:

    Eu gostaria muito de saber quais cursos têm seus horários e preços se possível obrigado é bom dia!

  9. Infood disse:

    Fábio, A escola ainda não disponibilizou os horários, cursos e como se inscrever. A previsão é que a Escola seja inaugurada no 2º semestre de 2016. Assim que tivermos os dados completos vamos divulgar aqui na INFOOD. Redação

  10. fabio santos disse:

    Bom dia,obrigado e fico na espera,pois quero muito fazer parte desta familia

  11. Pollyane Rodrigues Silveira disse:

    Fico no aguardo!!!

Deixe uma resposta

Semana 29# Os ensinamentos do sucesso da hamburgueria Pão com Carne

Publicidade

Publicidade
-->
-->

Para receber a newsletter Infood, digite seu e-mail no box abaixo e clique na seta.

© 2017 Infood - Todos os direitos reservados