Em uma das minhas viagens gastronômicas, o que mais me encantou foram os mercados da Espanha. Estes centros de comércio nos “abraçam” de tal forma, que a chance de você permanecer dentro deles olhando, registrando fotos e degustando seus mais diversos produtos por horas e horas, são enormes.

Uma das partes que mais gosto nas viagens que faço são as visitas aos mercados. Eles mostram os produtos locais – frescos e industrializados -, a economia local, a diversidade, além de oferecer a possibilidade de entender um pouco mais dos hábitos alimentares daquela região. Por essas e outras, recomendo: sempre visitem os mercados, em todas as suas viagens.

Detalhes da arquitetura do centro de compras com suas lojas

Citarei alguns dos que visitei com suas particularidades regionais e, após a leitura, tenho certeza de que passará a visitar todos, entendendo as principais características da gastronomia local dessas cidades.

Em Barcelona, uma visita imperdível é o grande Mercado La Boqueria. Ponto turístico, está sempre lotado. Porém, algo que me chamou a atenção foi ver, entre os inúmeros turistas, catalões indo fazer a compra para o almoço ou fazendo uma “boquinha”.

Das lojinhas de queijos e embutidos, inteiros ou porcionados, às carnes, pescados e frutos do mar. Dos pratos e tapas prontos às frutas que parecem de cera (para levar para casa ou para comer lá mesmo, em potes e copos). O que mais se vê são diversas pessoas sentadas nas escadarias se deliciando com as especialidades locais. Outro mercado que vale a visita é o “La Mercè”, que também mostra a qualidade dos produtos da Catalunha.

A oferta de grande variedade de produto permite conhecer o perfil de consumo

Em Madrid, farei uma citação especial ao mercado de “San Miguel”. Com suas mesas para se sentar e compartilhar comidas, é um ponto de venda e de encontros. Escolha seus tapas – em várias lojas – escolha sua bebida e sente.

Coma com espanhóis, com turistas, passe suas manhãs, tardes e noites! Que delícia de lugar… Mesmo Madrid estando localizada na região central da Espanha, San Miguel é um dos mercados com maior variedade de peixes e frutos do mar.

Na região de Valencia, o que mais chamou a atenção foi o lindo – e extremamente limpo – mercado central. Um passeio encantador, com legumes mediterrâneos, frutas que mostravam seus contrastes de cores e aromas.

Vinhos e cervejas regionais. Gôndolas com arroz bomba AOC, pistilos de açafrão, pescados e frutos do mar de qualidade quase que incomparável, que trazia um cheiro e sabor de mar. Confesso que passei muito tempo registrando fotos e escolhendo quais produtos levar – e quais comer ali mesmo!

Um dos destaques destes centros de compra são as frutas e todo tipo de produto agrícola

Lá na ponta da Espanha, na Andalucia, encontramos as influências mouras mais presentes, deixadas ao longo do tempo. Os traços mais íntimos da longa ocupação moura na Espanha, que deixou marcas na arquitetura, nos hábitos e na alimentação.

Pelas ruas, lindas laranjeiras (nas árvores e caída no chão), fartura de azeitonas, amêndoas, legumes e vegetais… porta de entrada dos produtos do novo mundo, como as batatas, chocolate e baunilha. Mercados, como o “La feria” e o de “Triana”. A principal diferença? Da forte influência árabe, a intensidade dos temperos e a base do “sofrito” mais forte. Brinque com a páprica, com o cominho e com o açafrão!

As marcas da influência moura se diferenciam por todo o país. Menos intensas – mas presente – na Catalunha, mais intensas na Espanha central, e moura – por definição – na Andalucia.

Ao norte, a cozinha tem mais influência francesa, com excelência nas frutas e hortaliças, em seus queijos de leite de vaca, pratos à base de maçãs e peras, os emblemáticos frutos do mar da Galícia, seus cogumelos e trufas brancas – tudo visível dentro dos mercados – e, como na Catalunha, existe uma preferência dos feijões e favas ao grão-de-bico, que é muito mais presente no centro e nos sul.

Na região da Catalunha e norte, o “sofrito” (refogado de base espanhol) é de sabor mais suave, porém ganha mais intensidade no sabor até o sul. A páprica salpicada aparece cada vez mais do centro ao sul. Um sabor inesquecível? Além dos embutidos, as tostadas (pães tostados) com purê de tomates com forte sabor de alho, que para eles é como nosso “pão com manteiga”.

Estes centros são referências de compras para cozinheiros no mundo todo

Traços comuns estão na diversidade de embutidos, frutas e verduras, com destaque aos tomates, berinjelas, abobrinhas e cebolas: sempre muito bonitos e de qualidade impecáveis. Seus variados, aromáticos e apetitosos pães são base para tapas, tostadas e sanduíches. Carnes, bovinas, de suínos, ovinos e caprinos. Seus queijos e embutidos (ah… seus jamóns!). E, sem dúvidas, seus pescados e frutos do mar.

Algo habitual, e bem europeu, é que, mesmo dentro dos mercados, as lojas baixam as portas, fecham as janelas de seus espaços para fazer o horário da ‘siesta’. Mais do que tradição e hábito, é algo religioso no dia a dia deles, que deve ser respeitado à risca.

Além dos produtos in natura, é possível consumir produtos prontos

Em toda a Espanha, em especial em seus mercados que vendem produtos bem frescos e sazonais, uma das coisas que mais me chamou a atenção e, confesso que mesmo querendo muito fazer, me encantou, foi o fato de seus vendedores não permitirem o toque nas frutas, legumes e outros ingredientes expostos. Ao perguntar o motivo para um deles, tive a resposta que demonstrou o amor e o respeito pelo produto: “você não achou bonito? Nossos ingredientes são bonitos e de qualidade pelo cuidado que temos com eles da produção à venda. Portanto, só pegue se for comprar”.

Enfim, visitar mercados também é uma viagem gastronômica. Anote essa dica, e inicie seu roteiro por onde passar!

Outro destaque de lojas dos mercados da Espanha
Camila Landi
 
Camila Landi é coordenadora e Professora de Gastronomia na Universidade Presbiteriana Mackenzie, consultora gastronômica e membro do conselho editorial do site Infood.

 

Deixe uma resposta

Como a tecnologia pode ser adaptada aos novos consumidores dos restaurantes

Publicidade
Publicidade

Para receber a newsletter Infood, digite seu e-mail no box abaixo e clique na seta.

© 2017 Infood - Todos os direitos reservados