Laurent Suaudeau, Emmanuel Bassoleil e Claude Troisgros apontaram nomes da nova geração de profissionais da gastronomia, jovens talentos da cozinha brasileira que devem ganhar destaque em 2017. Inclusos nessa lista, estão os indicados ao Prêmio Infood de Gastronomia, como Cozinheiro ou Cozinheira Revelação.

A gastronomia ganha cada vez mais evidência em nosso país, mostrando que não é apenas um modismo passageiro, mas sim, uma ótima opção profissional para quem deseja seguir a tão difícil carreira dentro de uma cozinha.

Como em qualquer área, sempre há aqueles que se destacam, e não podia deixar de ser assim na gastronomia. Ao todo são 15 jovens talentos, referências para ficarem no radar, pois devem brilhar nesse ano em suas carreiras.

Os indicados  de Laurent Suaudeau

De acordo com o chef Laurent Suaudeau, “Há jovens chefs com um trabalho muito sério no mercado, e que apresentam uma dose de compromisso pouco vista na minha geração”.

Dentre os nomes citados, estão:


Jonatas Moreira do restaurante Akuaba, Espaço Gourmet Vera Moreira e Castro Bistrô Bar- Maceió/AL


Jonas Cadore – sous chef do Hyatt SP/SP

Felipe Rodrigues – chef do hotel Palácio Tangará em SP

Rodolfo Mayer  – Angatu Restaurante – Tiradentes/MG

Giovanna Grossi – participou do Bocuse d’Or – Maceio/AL


Gabriel Mateuzzi – do restaurante Tete a Tete – SP/SP, que também foi finalista do Prêmio Infood na categoria Cozinheiro revelação em 2016.

Os indicados de Emmanuel Bassoleil

Já outra fera na cozinha, Emmanuel Bassoleil, com toda sua experiência e conhecimento, sempre enfatizando que ser cozinheiro“é uma profissão difícil. Não é só beleza”, acredita que devem despontar na gastronomia brasileira desse ano, por serem grandes promessas para o setor:

Caio Ottoboni – do restaurante Oui – SP/SP

Thiago Cerqueira Lima – do retaurante Sympa – SP/SP

Julien Mercier – ex- Le Bilboquet – SP/SP

Indicados de Claude Troisgros

O tão querido Claude Troisgros, esse francês que conquistou nosso país com sua simpatia e seu amor pela profissão, e que diz que “Um cozinheiro, para virar chef, precisa de muitos anos de trabalho e dedicação, também apontou alguns nomes de cozinheiros que têm tudo para brilhar nesse ano:

Tadashi Shiraishi

Felipe Schaedler – do restaurante Banzeiro – Manaus/AM, que também foi finalista do Prêmio Infood de Gastronomia na categoria Cozinheiro Revelação 2016.


Thiago Bañares – do Tan Tan Noodle Bar – SP/SP

Indicados da Infood

Nossas apostas seguem a avaliação que fizemos em 2016, na categoria “Cozinheiro ou Cozinheira revelação” do Prêmio Infood de Gastronomia.

Além de Felipe Schaedler do restaurante Banzeiro, já citado nas indicações de Claude Troisgros, e Gabriel Matteuzzi do retaurante Tête à Tête, apontado por Laurent Suaudeau, acrescentamos à lista:

Marcelo Laskani – São Paulo – Più

O jovem cozinheiro, de 36 anos, foi o vencedor da categoria cozinheiro revelação do prêmio em 2016 e deve continuar brilhando no restaurante Piú, e agora também na nova casa, o Piccolo.

Bárbara Verzola – Espírito Santo – Soeta

A capixaba Bárbara Verzola nunca cursou gastronomia: seu aprendizado foi na prática, além de estudar muito por conta própria. Ela comanda o restaurante Soeta e deve continuar despontando com sua casa, mesmo fora do eixo Rio São Paulo.

Victor Dimitrow – São Paulo – Peti Gastronomia

Victor Dimitrow, da nova geração formada pelas faculdades, estudou na universidade Anhembi Morumbi em São Paulo e trabalhou em alguns dos melhores restaurantes da capital. Comanda há um ano e meio o Peti Gastronomia, pequeno restaurante no bairro de Perdizes.

 

Por Redação
Fotos arquivo Infood e divulgação

 

2 ideias sobre “Os talentos da cozinha brasileira que devem brilhar em 2017”

Deixe uma resposta

Um balanço do Mondial de la Bierè

Publicidade
Publicidade
© 2017 Infood - Todos os direitos reservados