pesquisa de mercado - Infood

Para a maioria dos empreendedores, a pesquisa de mercado é algo inacessível por conta dos altos custos envolvidos num processo com este. Gostaria de mudar isso, apresentando algumas ideias que podem ser aplicadas no seu negócio com pequenos investimentos. Para que os conceitos tenham mais peso, há alguns conselhos do querido mestre Peter Drucker, um dos maiores gênios da administração moderna e do marketing.

Uma pesquisa de mercado por menos de 200 reais

Todo dia, escolha uma ou duas mesas para um convite especial. Mande preparar um impresso que seguirá junto com a conta com a seguinte orientação: O dono do restaurante e/ou o chef gostaria de lhe pagar um café e conversar um pouco sobre os serviços da nossa casa. A conversa vai durar no máximo quinze minutos, se você concordar, por favor, avise o garçom.

Faça isso por 30 dias em todos os dias da semana e use sempre as mesmas duas ou três perguntas no processo, respeitando os quinze minutos. Se o cliente permitir, grave ou anote a conversa para poder comparar. Ao final do período, você terá algo entre 30 ou 60 depoimentos e um aprendizado que nem sempre teria apenas observando.

Dica importante: na elaboração das perguntas, nunca pergunte algo que ainda não existe, ou que o consumidor gostaria de ver no seu restaurante. Como ensina Peter Drucker, o consumidor só consegue avaliar objetivamente o que já existe.

A pesquisa de mercado só deve ser usada para pesquisar o que já está no mercado, não para o que se pretende lançar ou na busca de possíveis novos produtos. O cliente é conservador e só sabe opinar sobre o que já existe.” Peter Drucker.

Uma pesquisa de R$ 700 a R$ 1000

Junto com seus sócios, elabore uma avaliação simples de todos os serviços do restaurante, do manobrista ao cafezinho. Considere notas de zero a cinco, sempre lembrando o cliente seus pesos. Por exemplo: cinco é excelente e zero é péssimo. Se possível, abra a opção para não sei avaliar, assim não terá uma resposta sobre a carta de vinhos de um cliente que não bebe. Durante um período, coloque impressos nas contas e solicite a resposta. É de bom tom que se ofereça algum brinde para quem entregar a avaliação respondida, mas não é obrigatório. Ao final do processo, faça a tabulação de todos os dados e terá uma boa ideia de como o consumidor entende sua casa e, principalmente, aquilo que ele realmente dá valor.

Aquilo que a empresa imagina ser o aspecto mais importante de um produto, via de regra, não tem o menor significado para o cliente.” Peter Drucker.

Acima de mil reais

Considere contratar uma empresa especializada ou um consultor. Além de contar com um questionário bem elaborado, você terá acesso às ferramentas mais modernas do ramo. Um bom caminho hoje é entregar um cupom com um código para que o consumidor avalie o restaurante num site e ao final do consumo.  Feito isto, ele receberá um cupom promocional para uma sobremesa grátis, ou mesmo um desconto na próxima visita. Aqui o brinde é fundamental, pois a captação acontecerá depois do processo.

A empresa e/ou consultor irão ajudar na elaboração da pesquisa e no desenvolvimento da ferramenta na internet, além de entregar uma tabulação avaliada. Essa avaliação da pesquisa de mercado é, sem dúvida, o material mais importante do processo, pois revela na verdade o grande valor do uso de um profissional especializado, algo que você sozinho talvez não conseguisse perceber.

Não desperdice a oportunidade do contato direto com seu consumidor, afinal de contas, ele é a razão do seu empreendimento, do seu esforço diário.

O ponto de partida de qualquer empresa jamais pode ser seus próprios produtos ou serviços e nem mesmo o mercado que conhece. A informação relevante e de qualidade se origina, sempre, no que os clientes reconhecem valor. O cliente nunca compra aquilo que a empresa diz vender. O que é valor para o cliente é sempre algo diferente do que é valor ou qualidade para a empresa. E isso vale para qualquer tipo de empresa, inclusive universidades, hospitais, e até mesmo religiões.”  Peter Drucker.

 

Texto: Reginaldo Andrade

 

Reginaldo Andrade escreve toda a sexta-feira sobre marketing e gastronomia, é publicitário com MBA em marketing.

marketing & gastronomia coluna 4

Uma ideia sobre “Pesquisa de mercado: como você está fazendo no seu restaurante?”

  1. Tão importante quanto servir boa comida é saber como seu público enxerga seu negócio. Pesquisas de mercado bem feitas e estruturadas para obter informações valiosas para continuidade de seu negócio, principalmente na gastronomia, são absolutamente necessárias.

Deixe uma resposta

Thomas Troisgros: “Há uma grande procura por casas com comida mais despojada”

Publicidade

Publicidade
-->
-->

Para receber a newsletter Infood, digite seu e-mail no box abaixo e clique na seta.

© 2017 Infood - Todos os direitos reservados