Após dois anos, o restaurante espanhol El Celler de Can Roca retornou à primeira colocação do ranking “The World’s 50 Best Restaurants”, promovido pela revista britânica Restaurant. Os dois restaurantes brasileiros que já haviam sido destacados na seleção dos 50 melhores caíram de colocação em relação à lista de 2014. O D.O.M., do chef Alex Atala, caiu da sétima para a nona posição. E o Maní, da chef Helena Rizzo, ocupa agora o 41º lugar – quatro posições abaixo.

Localizado na cidade de Girona (Catalunha), o novo restaurante número um do prêmio foi fundado em 1986 pelos irmãos Roca – Joan, Jordi e Josep. Os três dão um novo tratamento a tradicionais ingredientes catalães, em busca da criação de pratos divertidos. O chef peruano Gastón Acurio, 14º do ranking, não mediu palavras para descrever o Celler no livro “Where Chefs Eat”: “O melhor lugar para celebrar os horizontes ilimitados do prazer”.

Dos 50 restaurantes premiados, oito são novidades na lista. Além disso, dois estabelecimentos – Alain Ducasse au Plaza AthénéeBiko – retornaram à seleção. O primeiro colocado de 2014, o dinamarquês Noma, agora está na terceira posição.

 

Confira a lista, em ordem decrescente:

50. The French Laundry (Yountville, Estados Unidos)

49. Blue Hill at Stone Barns (Pocantico Hills, Estados Unidos, NOVO NA LISTA)

48. Schloss Schauenstein (Fürstenau, Suiça)

47. Alain Ducasse au Plaza Athénée (Paris, França, RETORNO À LISTA)

46. Restaurant André (Cingapura)

45. Relae (Copenhagen, Dinamarca, NOVO NA LISTA)

44. Maido (Lima, Peru, NOVO NA LISTA)

42. Boragó (Santiago, Chile, NOVO NA LISTA)

42. Tickets (Barcelona, Espanha, NOVO NA LISTA)

41. Maní (São Paulo, Brasil)

40. Per Se (Nova Iorque, Estados Unidos)

39. Quique Dacosta (Denia, Spain)

38. Amber (Hong Kong, China)

37. Biko (Cidade do México, México, RETORNO À LISTA)

36. L’Astrance (Paris, França)

35. Quintonil (Cidade do México, México, NOVO NA LISTA)

34. Le Calandre (Rubano, Itália)

33. Aqua (Wolfsburg, Alemanha)

32. Attica (Melbourne, Austrália)

31. Restaurant Frantzén (Estocolmo, Suécia)

30. Vendôme Bergisch (Gladbach, Alemanha)

29. Nihonryori RyuGin (Tóquio, Japão)

28. The Test Kitchen (Cidade do Cabo, África do Sul)

27. Piazza Duomo (Alba, Itália)

26. Alinea (Chicago, Estados Unidos)

25. Fäviken (Järpen, Suécia)

24. Ultraviolet by Paul Pairet (Xangai, China, NOVO NA LISTA)

23. White Rabbit (Moscou, Rússia, NOVO NA LISTA)

22. Nahm (Bangkok, Tailândia)

21. Le Chateaubriand (Paris, França)

20. The Ledbury (Londres, Reino Unido)

19. Azurmendi (Larrabetzu, Espanha)

18. Le Bernardin (Nova Iorque, Estados Unidos)

17. Arzak (San Sebastián, Espanha)

16. Pujol (Cidade do México, México)

15. Steirereck (Viena, Áustria)

14. Astrid y Gastón (Lima, Peru)

13. Asador Etxebarri (Atxondo, Espanha)

12. L’Arpège (Paris, França)

11. Mirazur (Menton, França)

10. Gaggan (Bangkok, Tailândia)

9. D.O.M. (São Paulo, Brasil)

8. Narisawa (Tóquio, Japão)

7. Dinner by Heston Blumenthal (Londres, Reino Unido)

6. Mugaritz (San Sebastián, Espanha)

5. Eleven Madison Park (Nova Iorque, Estados Unidos)

4. Central (Lima, Peru)

3. Noma (Copenhagen, Dinamarca)

2. Osteria Francescana (Modena, Itália)

1. El Celler de Can Roca (Girona, Espanha)

 

 

Por Vinícius Andrade
Fotos: Divulgação 

 

Deixe uma resposta

Conheça o Ad Astra Institute, uma escola de gastronomia em Melbourne

Publicidade
Publicidade

Para receber a newsletter Infood, digite seu e-mail no box abaixo e clique na seta.

© 2017 Infood - Todos os direitos reservados