Com um investimento de R$ 10 milhões na construção de sua unidade brasileira, a renomada escola francesa de gastronomia Le Cordon Bleu terá sua obra concluída no final do segundo semestre de 2015. Escolhida para ser sede da Le Cordon Bleu, a cidade do Rio de Janeiro venceu uma disputa com diversas outras capitais do Brasil. Assim, a unidade Le Cordon Bleu será instalada na rua da Passagem, 179, no Botafogo, na zona sul do Rio de Janeiro.

A INFOOD entrevistou Wagner Victer, presidente da FAETEC (Fundação de Apoio à Escola Técnica do Rio de Janeiro), que é ligada à Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro e é também o coordenador do projeto de instalação da Le Cordon Bleu Rio de Janeiro.

Com a parte estrutural praticamente concluída e a instalação dos equipamentos de ar-condicionado iniciada, a unidade, segundo Victer, “agrega valor para empregos e para economia voltada ao turismo, gastronomia e para produção do interior do Rio de Janeiro”.

Saiba mais lendo a entrevista exclusiva:

 

INFOOD – Wagner, você poderia nos falar como é a parceria do Governo do Rio de Janeiro com a escola de gastronomia Le Cordon Bleu?

WAGNER VICTER –  O Governo do Estado do Rio de Janeiro cedeu o espaço e está preparando as instalações da escola a partir do projeto preparado pelas equipes técnicas do Le Cordon Bleu, e a FAETEC é a responsável pela implementação do projeto. Em contrapartida, 20% das vagas serão destinadas aos alunos da FAETEC. Já a parte educacional será desenvolvida pela Le Cordon Bleu, que disponibilizará professores, alguns do exterior, e material didático.

 

INFOOD – Como surgiu a iniciativa de trazer o curso para o Brasil? Partiu da instituição francesa ou do governo do Rio?

VICTER –  O ex-governador do Rio, Sérgio Cabral, descobriu o interesse da Le Cordon Bleu em instalar uma unidade no Brasil. Diversas outras capitais do Brasil disputaram, e o com o apoio do Governo do Estado, a cidade do Rio de Janeiro foi escolhida nesta disputa. Além disso, a proposta do Governo do Estado em função de sua parceria de disponibilizar 20% das vagas, de forma gratuita, através da Faetec, como forma de inserção social de profissionais de baixa renda, interessou aos representantes da Le Cordon Bleu pela questão social e abrangência que o projeto teria.

Hoje, o atual governador, Luiz Fernando Pezão, junto ao secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, Gustavo Tutuca, estão empenhados em entregar a unidade a tempo para capacitar profissionais que atendam os Jogos Olímpicos, que acontecerá em 2016 na cidade do Rio de Janeiro. No último mês, inclusive, o presidente mundial da Le Cordon Bleu, André J. Cointreau, reuniu-se com os representantes da Secretaria e da Faetec, para visitar pessoalmente a unidade e ficou impressionado com a futura instalação.

 

INFOOD – Em que pé estão as obras? Qual a previsão de inauguração?

VICTER –  A parte estrutural está praticamente concluída e foi iniciada a instalação dos equipamentos de ar-condicionado, a obra e instalação dos equipamentos de cozinha serão finalizadas até o final do segundo semestre.

 

INFOOD – Onde está localizada a Le Cordon Bleu no Rio de Janeiro?

VICTER – A unidade Cordon Bleu será instalada na rua da Passagem, 179, esquina com a rua General Góis Monteiro, em Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro, próximo ao Rio Sul.

 

INFOOD – Qual foi o valor do investimento?

VICTER – Estão sendo investidos valores da ordem de R$ 10 milhões na construção da unidade, que ocupará um prédio de dois andares em Botafogo.

 

INFOOD – Esta será a primeira do Brasil e a segunda da América Latina. Você acredita que a chegada da Le Cordon Bleu ao Brasil irá estimular ainda mais o mercado gastronômico? Por que?

VICTER – Sim, mas o modelo é diferente do Peru, onde é uma parceria com uma universidade. É latente a demanda por profissionais da área de alta gastronomia com a realização de grandes eventos no Rio de Janeiro. Os últimos eventos ocorridos na cidade, com a Copa do Mundo, deixaram evidente a procura por esse serviço. E novas demandas estão sendo previstas por hotéis e restaurantes por conta dos Jogos Olímpicos.

De acordo com levantamento da ABIH no segmento, 50% dos gerentes de hotéis afirmaram que houve incremento na contratação de mão de obra de alimentos e bebida. Entre os profissionais mais procurados estão cozinheiro, garçom, ajudante de cozinha, chefe de cozinha e Steward. O aumento na demanda por chefs de cozinha foi mencionado por 75% dos entrevistados. Além disso, 67% dos hotéis dizem que há aumento no mercado no setor de gastronomia.

Desses, 71% afirmaram que a demanda ocorreu por contas dos grandes eventos internacionais.

Além do mais, já acertamos como grande retorno à economia fluminense a inserção no cardápio não só dos cursos, mas do restaurante panorâmico que será referencial na cidade, que terá ingredientes tipicamente produzidos no interior do Estado, que se popularizaram e ganharam o Brasil e o mundo trazendo um retorno imensurável a economia em especial do interior.

 LCB_3_FINALCroqui final da escola Le Cordon Bleu do Rio de Janeiro

INFOOD – A Faetec (Fundação de Apoio à Escola Técnica) já conta com o curso de gastronomia? Como ficará com a chegada da Le Cordon Bleu?

VICTER – A LCB vem para agregar valor educacional à formação na área de gastronomia de alto nível oferecida pela FAETEC. Atualmente, a instituição oferece uma capacitação gratuita e de qualidade na área gastronômica, com isso, nossos alunos concluem os cursos aptos para atuarem nas mais diversas oportunidades do mercado e trabalho. Nós temos acompanhado a inserção dos nossos egressos no mercado de trabalho e contamos com grande numero de cases de sucesso. Sendo assim, continuaremos oferecendo um curso profissionalizante de credibilidade e com conteúdo que atenda às demandas do mercado. No acordo, os professores da LCB farão oficinas específicas nas diversas escolas de gastronomia da FAETEC, colaborando para melhor capacitação de professores e alunos.

 

INFOOD – Quem serão os professores da Le Cordon Bleu RJ? Eles virão de fora ou serão daqui mesmo?

VICTER – Os profissionais serão do quadro de docentes da Escola Le Cordon Bleu, virão de fora do país como Le Cordon Bleu, muitos já no exterior, outros já moram no país e estudaram em suas unidades.

 

INFOOD – Por ser uma das instituições mais conhecidas e importantes de todo o mundo em formação culinária, a Le Cordon Bleu RJ deve atrair alunos do país inteiro. Como será a admissão/seleção das pessoas ao curso?

VICTER – Está sendo feito um levantamento de dado pela equipe pedagógica, da FAETEC, Le Cordon Bleu e Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, para definir a forma admissão das pessoas ao curso. Tanto dos pagantes quanto os do bolsistas pelo Governo do Estado.

 

INFOOD – Sabemos que o valor de um curso de gastronomia no Brasil é muito caro. Como serão os valores dos cursos da Le Cordon Bleu RJ? Será acessível à população?

VICTER – O custo para o aluno que deseja estudar na Le Cordon Bleu do Rio do Janeiro ainda está sob avaliação. Para termos uma ideia, um pacote completo no exterior, voltado para a formação de chef de cozinha internacional, pode chegar a R$ 120 mil reais. No entanto, será possível estudar gratuitamente na unidade por meio da FAETEC, pois 20% das vagas serão reservadas para alunos da Faetec. Os valores para as demais vagas de pagantes ainda estão sendo estudados e serão informados brevemente pela própria Le Cordon Bleu.

 

INFOOD – Quais os cursos da Le Cordon Bleu estarão disponíveis aqui no Brasil? Os cursos serão os mesmos da matriz ou serão adaptados ao Brasil?

VICTER – Serão oferecidos os mesmos cursos ministrados nas unidades do exterior. Não estão previstas alterações na parte pedagógica, porque o objetivo do ensino é o conhecimento da técnica da culinária codificadas pelos grandes chefs. Com essa base de ensino, o aluno poderá interpretar qualquer receita, quer seja ela brasileira, quer seja de outros países. Por isso, na unidade do Rio de Janeiro vamos propor receitas que utilizem de matéria prima Fluminense, comprada localmente, e com o objetivo de valorizar os produtos regionais do Estado. Inclusive, por sugestão da Faetec, serão utilizados alimentos e produtos tipicamente fluminenses no cardápio e nas aulas da Le Cordon Bleu.

 

INFOOD – Os cursos da Le Cordon Bleu são mais práticos ou mais teóricos? Se práticos, como serão as instalações da instituição aqui?

VICTER – No sistema de educação da Le Cordon Bleu é combinada a teoria com a prática. Durante as aulas teóricas, por exemplo, o chef-professor realizará aulas frente aos alunos, e com apoio de espelhos no teto em um auditório especificamente montado para tal fim, que permitam eles acompanharem o passo a passo da receita. Além disso, o curso será filmado e transmitido em câmeras que projetam ao vivo o trabalho em telas de televisões espalhadas pela sala, permitindo observar nos detalhes da aplicação da prática.

O material disponibilizado e individual, o melhor oferecido hoje no mercado brasileiro e internacional. Além disso, os equipamentos utilizados serão de última geração, como fornos combinados próprios para as áreas de confeitaria e padaria, e ultra congelador, que otimiza o tempo de preparo das receitas.

 

INFOOD – No seu entender, quais serão as vantagens que a escola trará para o Rio de Janeiro?

VICTER – A formação na Le Cordon Bleu é considerada um passaporte reconhecido no mercado internacional pelos profissionais da gastronomia. Contando 50 escolas em 20 países, as oportunidades de empregos são enormes, tanto no Brasil quanto no mundo. Estima-se que 10% das vagas de emprego no mundo estão na área de hotelaria. E, considerando a importância que a cidade Rio de Janeiro já tem no campo do turismo, torna-se referência também em polo gastronômico do país é um dos desejos do governador Pezão e uma meta coordenada com o Secretário Gustavo Tutuca em função dos grandes eventos programados.

A vinda do Cordon Bleu para o Estado, como já foi dito, agrega valor para empregos e para economia voltada ao turismo, gastronomia e para produção do interior do Rio de Janeiro, pois são ganhos de “externalidades” fantásticos e muitas vezes não mensuráveis somente pelo aspecto financeiro. Com tal unidade o Rio de Janeiro entra no rol das poucas e grandes cidades do mundo onde o Cordon Bleu tem suas escolas.

Wagner  Victer Le Cordon Bleu RJWagner Victer – Presidente da FAETEC

 

Por Redação
Fotos : Divulgação

38 ideias sobre “Rio de Janeiro se prepara para receber a primeira unidade brasileira da Le Cordon Bleu”

  1. Lívia Maria disse:

    Ótima notícia! Teria o contato do futuro curso? Gostaria de saber, o programa, o valor do curso, horários…eu gostaria de cursar Patiserie, à noite, pois, trabalho de 8hrs às 17hrs. Grata e fico no aguardo.

  2. Alexandre Batista de Almeida disse:

    Ficaria muito feliz de poder ter o prazer de estudar na Le Cordon Bleu. A gastronomia é minha melhor identidade e o que mais sei fazer de melhor. Gostaria de poder realizar meu sonho em ter formação com a melhor equipe de professores e no melhor lugar de ensino.

  3. Sara disse:

    Será que pra estudar aí a pessoa precisa já ser formada em gastronomia? Eu tenho essa duvida e tem gente que diz que sim e outros dizem que não. Me deixa mais em duvida ainda.

  4. Jolene Rafael dos Santos disse:

    Tenho interesse na programação dos cursos que serão realizados à noite. Por favor, assim que tiverem a programação me enviem.

  5. CAROLINA LARA disse:

    ESTOU ANSIOSAAAAA….QUANDO COMEÇAM AS MATRÍCULAS?

  6. ivone lucio disse:

    Será que eu vou ter que me matriculAR na faetec para me matricular na le cordon bleu, pois este é meu grandE sonho.
    SOU chef no restaurante no centro do rio, mas nunca fiz faculdad, mas sim curso, pois este é meu grande sonho

  7. Marcia de Lima Queroz disse:

    por favor preciso muito tentar essa bolsa paa esse conceituadíssmo curso!!!! já posso me ibscrever?? Há limite de idade?

  8. Rogério Gomes Dantas disse:

    Adorei a notícia, como faço para concorer a uma bolsa pela faetec?

  9. Patricia disse:

    Oi faço curso na faetc e gostaria de saber quando vai ser para fazer as inscrições??
    Desde já muito obrigado…

  10. Vera Lúcia Corrêa Hardensett disse:

    Gostaria imensamente de fazer o curso!Como fazer as inscrições?quais os cursos oferecidos? Como saberemos as programações e os valores dos cursos e seus horarios(a noite)! Mandem informações por favor! Boa tarde e obrigado

    Vera Lúcia

  11. Infood disse:

    Vera,

    Os cursos serão lançados no primeiro semestre de 2016.
    As inscrições começam em dezembro.
    Vamos divulgar aqui na INFOOD.

    At.

    Redação INFOOD

  12. Vera Lúcia Corrêa Hardensett disse:

    Obrigado aquardo então !
    Um bom dia a todos!

  13. Roberta disse:

    Gostaria de saber como concorrer a uma vaga pela Faetec ?
    Grata aguardo

  14. Lenilson Furtado do Valle disse:

    gostaria de saber se essas vagas gratuitas pela faetec e destinada a alunos ou pessoas que ja terminou o ensino média como eu posa concorrer as vagas.

  15. Luciana Palmieri disse:

    Gostaria de saber como posso me matricular (na opção gratuita) no curso de Gastronomia. Já sou aluna do curso de francês da FAETEC.

  16. Paulinha Andrade disse:

    Anciosa ao extremoooo.No aguardo de novas publicações.

  17. João Carlos Panelli César disse:

    Por favor gostaria de saber o preço do curso de gastronomia e o inicio das aulas.
    Para matricular há necessidade de se ter cursado algum curso de gastronomia anteriormente ?
    Há necessidade do conhecimento do inglês e francês?
    Aguardo maiores informações sobre o curso.

    Obrigado.

  18. Lucio Arrabal disse:

    Ansioso para tentar a realização de um sonho cursando gastronomia.

  19. Jailson ferrer disse:

    Nieguen poe uma resposta deu o aquí menú número 21 87413537

  20. Infood disse:

    Para mais informações, envie um email para mrodrigues@cordonbleu.edu

  21. Angela Maria Laureano disse:

    Não consigo me ver fazendo outra coisa a não ser na cozinha.Quero muito ter a oportunidade em concorre uma bolsa.Quando trabalhei em uma empresa de intercâmbio a qui no rio tiamos uma parceria com a escola, mas sabia que nunca faria pois ficaria muito caro.Mas a gora não me contenho de felicidade por saber que vai está na minha cidade.Seria um sonho poder fazer parte desta renomada escola.Muito obrigada

  22. olga lima silva disse:

    gostaria de fazer o curso no lecordenble,como faco a inscricao

  23. Badra amoy disse:

    Boa noite! Como faço pra fazer a inscrição?

  24. Zilene Alves Ribeiro disse:

    Nossa!! um dos meus sonhos é fazer curso na le cordon bleu. Como faço para fazer minha inscrição? Por favor avisem nos.

  25. Metade de dezembro e nada ainda… Qd teremos informações para inscrição e valor??

  26. Infood disse:

    Veja a matéria abaixo:

    http://infood.com.br/fase-final-de-obras-da-le-cordon-bleu-rio-de-janeiro/

    As previsões de lançamento dos cursos devem ser alteradas pelo qu apuramos.

  27. Como poderei me inscrever?

  28. Mauro Vieira Dos santos disse:

    Sou formado em gastronomia, e 30 anos de experiencia como chef de cozinha.
    Gostaria de Fazer o curso. Como ficarei sabendo dos valores e data.

  29. luiz bandeira disse:

    Gostaria de informações quanto a inscrição para este renomado e tão esperado curso.
    Me orientem para ficarmos em sintonia.
    Muito grato todos.

  30. Infood disse:

    Luiz Bandeira,

    Ainda não existe uma data oficial para lançamento do curso. A nova previsão é que as obras da sede na cidade do Rio de Janeiro estejam prontas no 2º semestre de 2016, mas isto ainda não foi confirmado. Assim que tivermos a data correta estaremos publicando em nosso site.

    At,

    Redação INFOOD

  31. Ana disse:

    Se for como a LCB de Paris não ha cursos de meio período, a dedicação é integral.Será que saí mesmo ainda em 2016?.

  32. nanci soares melchior dos santos disse:

    gostaria de saber há intenção de abrir em outras regioes,pois moro em santos/sp

  33. Infood disse:

    Nanci,

    A princípio a Escola funcionará apenas no Rio de Janeiro.

    Redação INFOOD

  34. Ramon marques disse:

    Gostaria de saber se vai ter algum concurso pra concorrer alguma gratuidade ou desconto pra poder estudar na Faetec.

  35. Vera Lúcia Corrêa Hardensett disse:

    Como faço para saber mais informações sobre quais cursos são oferecidos e seus valorares. Início e término ?

  36. Roberta disse:

    Bom dia ! Quero saber se a Le Cordon Bleu já foi inaugurada no Brasil , se não ! Quando será?
    Grata aguardo

  37. jhennifer Nunes de Moraes disse:

    Olá, qual seria o valor do curso? teriam algum plano pra Bolsistas? tenho este sonho de ser uma chef um dia, mas nao tenho muitas condições financeiras.

  38. Infood disse:

    Jhnennifer,

    Como a unidade ainda não foi inaugurada, Le Cordon Bleu não deu nenhum detalhe dos cursos. Não sabemos ainda os valores, nem se haverá opção para bolsistas. Assim que tivermos as informações, publicaremos aqui no site.

    Redação INFOOD

Deixe uma resposta

Márcio Silva: “No Buzina nós fazemos o que a gente gosta, cozinhamos o que a gente come”

Publicidade
Publicidade
© 2017 Infood - Todos os direitos reservados