Se você digitar ‘restaurante do futuro’ no Google e optar por buscar apenas as referências em vídeo, irá assistir uma série de filmes onde verá modelos de autoatendimento e máquinas que automatizam o processo de produção.

Isso revela que os ganhos diretos previstos para o futuro estão na agilidade dos processos e na redução do número pessoas envolvidas na operação. Nos EUA. já é possível ver uma crise em algumas funções: empregos que começam a deixar de ser interessantes no varejo americano.

Eatsa, cadeia de fast causal com o atendimento 100% automatizado

As lições da Eatsa

A Eatsa é uma cadeia de fast casual norte americana fundada em 2015 que vende refeições usando um processo automático de autoatendimento. A marca pretendia expandir seu número de lojas mas, depois do início da expansão, decidiu fechar dois endereços e agora está concentrada em duas unidades.

No Eatsa não encontramos funcionários para atender o consumidor. É ele próprio quem faz seu pedido, paga e retira seu prato em um painel de atendimento. Quando avaliamos sua operação do salão, temos ganhos diretos que são fáceis de perceber. Porém, queria destacar alguns ganhos não tão evidentes.

Terminal para realizar o pedido e efetuar o pagamento

Automação do salão – ganhos percebidos

  • Pedido feito em terminais de autoatendimento pelo consumidor;
  • Pagamento feito numa operação digital;
  • Retirada do pedido no painel pelo consumidor.
Painel onde o pedido é liberado

Automação do salão – ganhos não evidentes

  • Captura de dados do cliente;
  • Desenvolvimento de programa de fidelidade ativo;
  • Interação com o consumidor na sugestão de ingredientes.
Identificação do pedido liberado para o consumidor no painel 12

Introdução de um novo processo tecnológico

Em todo o processo de adoção de uma tecnologia, o período de aprendizagem é muito importante. Portanto, trabalhar com dois tipos de atendimento ou suporte no autoatendimento seria a minha recomendação.

A Eatsa pode estar sendo vítima da sua própria inovação. O segmento de restaurantes é muito tradicional e, mesmo no ramo do fast casual, ainda existem padrões que parecem determinar as relações de consumo.

Existem consumidores que podem não se adaptar a esse modelo, algo comum entre os consumidores de maior faixa etária, mas a ajuda de um atendente pode simplificar o processo, tirando o medo de errar. O erro no processo é um grande bloqueio para alguns consumidores, que acabam se sentindo inferiorizados diante da incapacidade de terminar um procedimento.

A evolução do emprego

Nos EUA já existe uma movimentação de funcionários que trabalham em caixas e estoquistas para novas funções, em geral pensadas para prestar uma serviço mais customizado para os novos consumidores, como na ajuda da instalação ou uso de um produto. Mas, em grande parte, estes profissionais estão sendo utilizados para melhor a performance da atividade fim.

O autoatendimento é uma tendência mundial que vai ganhar grande impulso com a implementação da Internet das Coisas (IoT), que vai permitir a comunicação dos equipamentos com sua brigada, agilizando processos e tomadas de decisão.

Hoje já é possível começar a produção da sua cozinha no celular de seu cozinheiro, antes mesmo que ele tenha chegado no restaurante. Com isso, garantimos um ganho de eficiência com segurança, pois o seu chef e o principal gestor da operação também serão avisados de que essa operação foi iniciada em tempo real.

Novidades

C6  Burger, a nova casa de Marcos Livi

O novo C6 Burger – o nome é uma brincadeira com as palavras carvão, calor, carne, cerveja, causal e criativo, termos que definem a proposta da casa, dos mesmos sócios da Napoli Centrale, Marcos LiviGil Guimarães. A casa ocupa 3 boxes do lado de fora do mercado. Carro chefe da casa, os hambúrgueres saem tanto da chapa como da churrasqueria.

Mercado de Pinheiros – Rua Pedro Cristi, 89 – Pinheiros

facebook – https://www.facebook.com/C6Burger/

Para matar a sede, uma fileira de torneira de chope em sistema de autoserviço

Você pode ler a matéria na íntegra no site do jornal:

http://paladar.estadao.com.br/noticias/comida,c6-burger-uma-hamburgueria-para-o-mercado-de-pinheiros,70002146049

Sede 261 abre suas portas em Pinheiros

As sommelières Daniela Bravin e Cássia Campos abrem o Sede 261. A casa funciona três vezes por semana desde o dia 11 de janeiro. É possível provar rótulos garimpados, mas não há cozinha no espaço, e a ideia das sócias é que se use a rede de delivery da região com a infraetrutura da casa.

Às quintas e sextas, a casa funciona para o happy hour, das 17h às 22h, nos sábados, além dos vinhos, as sócias servirão ostras de Santa Catarina.

Sede 261 – Rua Benjamin Egas, 261 Pinheiros

e-mail – titia@sommelieritinerante.com

Você pode ler a matéria na integra no site do jornal:

http://paladar.estadao.com.br/noticias/bebida,sede-261-serve-vinho-na-garagem-ao-som-de-hip-hop,70002146088

Futuro refeitório joga holofote sobre os vegetais

O jornal O Estado de São Paulo apresentou a nova casa de Gabriela Barretto, do Chou, o Futuro Refeitório, que tem como protagonistas não as carnes, mas os legumes e verduras. A casa abriu nesta semana e funciona das 8h até o fim do jantar e com café da manhã a qualquer hora do dia.

Futuro Refeitório – Rua Cônego Eugênio Leite, 808

Pinheiros

site – https://www.futurorefeitorio.com.br/

facebook – https://www.facebook.com/futurorefeitorio/

 

Você pode ler a matéria na integra no site do jornal:

http://paladar.estadao.com.br/noticias/comida,futuro-refeitorio-joga-holofote-sobre-os-vegetais,70002146023

Le Cordon Bleu Rio de Janeiro e Le Cordon Bleu São Paulo abrem suas inscriçõe para turmas de 2018

Foi na página do facebook da Le Cordon Bleu Brasil International Programs que nos últimos dias, anunciou-se o lançamento do programa do Rio de Janeiro e de São Paulo.

Os interessados já podem conhecer em detalhes os programas que serão oferecidos. O Grand Diplôme, curso de maior duração, ocorrerá durante 9 meses com uma carga semana de 33 horas, o que dá mais de 6 horas e 30 minutos de dedicação diária. O valor deste pacote completo é de R$ 141.600,00.

Conheça os programas:

Rio de Janeiro

https://www.cordonbleu.edu/rio-de-janeiro/home/pt-br

São Paulo

https://www.cordonbleu.edu/sao-paulo/home/pt-br

Notícias

China in Box e Gendai planejam investimentos de R$ 20 milhões em 2018

O jornal Folha de São Paulo destacou o plano do grupo Trendsfood, das redes China in Box e Gendai, de investir  R$ 20 milhões em 2018. Recurso concentrado na compra de fornos industriais (230 equipamentos) e em novas versões de aplicativos da marca para atendimento on-line do consumidor. A empresa também colocará no mercado, no 1º semestre de 2018, dois food trucks e dois quiosques  de suas marcas.

Você pode ler a matéria na íntegra no site do jornal:

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/mercadoaberto/2018/01/1949279-oss-de-saude-pressionam-senado-por-aprovacao-de-nova-regulacao-do-setor.shtml

Carlos Wizard Martins compra operações das marcas Pizza Hut e KFC

O jornal Folha de São Paulo noticiou a aquisição da família Wizard Martins, através do Grupo Sforza, das operações das marcas Pizza Hut e KFC. Elas perteciam a Yum! Brands, gigante mundial do setor de alimentação. Na transação, Carlos Wizard passa a ser o masterfranqueado das duas operações no país. O grupo Sforza, gestor dos investimentos da família Wizard Martins, já controla a rede de comida mexicana Taco Bell Brasil, outra marca da Yum! Brands.

Você pode ler a matéria na integra no site do jornal:

http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/01/1948868-dono-da-rede-saudavel-mundo-verde-compra-pizza-hut-e-kfc-no-brasil.shtml

 

Reginaldo Andrade

randrade@infood.com.br

A coluna Restaurant Man traz as principais notícias da semana 02  (08/01 a 14/01 de 2018), um resumo do que foi noticiado nos principais jornais e revistas e do que foi apurado por nossa equipe.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O balanço dos números da Educação Superior em Gastronomia no Brasil

Publicidade
Publicidade

Para receber a newsletter Infood, digite seu e-mail no box abaixo e clique na seta.

© 2018 Infood - Todos os direitos reservados