Nos 4 dias em que aconteceu o Taste of São Paulo, passaram por ali 21 mil pessoas. Foram vendidos 108 mil pratos, e mais de 65 horas de palestras, aulas e shows com diversos chefs e artistas convidados.

Os 20 restaurantes que estavam reunidos em um mesmo espaço dentro do Clube Hípico de Santo Amaro trouxeram um menu especialmente desenvolvido para o evento, e havia ali uma estrutura muito especial que permitiu o preparo dos pratos. Eram cozinhas espaçosas, com equipamentos profissionais. Uma verdadeira cidade gastronômica à disposição do público.

 

Entrada do público no Taste of São Paulo

Além da comida, foram palestras e aulas, em dois diferentes espaços. O Papo de Cozinha apresentou 21 aulas práticas reunindo um grupo muito diverso de pessoas. Uma das aulas foi com a chef Renata Vanzetto, do Marakuthai, que afirmou: “É a primeira vez eu participo. O Taste tem uma super mega estrutura. Vi desde jovens estudantes de Gastronomia, até um senhor todo empolgado na minha aula. É um mega evento!”

Já o auditório Santander teve outras 28 aulas de cozinha, com a chance de uma interação com os chefs.  Ali, aconteceu a aula de Alex Atala,  do D.O.M.,na abertura do evento, no dia 24 de agosto.

Aula de Benny Novak no Auditório Santander

Além destes espaços, havia também um espaço para fornecedores que expunham e ofereciam, produtos prontos a equipamentos, para o consumidor poder comprar e levar para sua casa.

Para os chefs que participaram do evento, também foi um momento muito interessante: “Eu acho que o Taste é a única forma de encontrar colegas que a gente não vê. No dia a dia não conseguimos estar nos restaurantes uns dos outros. E aqui, no intervalo, a gente coloca a conversa em dia“, comentou o chef Jefferson Rueda, da  Casa do Porco.

O chef Thiago Bañares, do Tan Tan Noodle Bar, compareceu ao evento e afirmou: “O ambiente está incrível! Parabéns aos organizadores que conseguiram juntar tanto talento e comida boa num único lugar“.

Aula do chef Rodolfo de Santis no Papo de Cozinha

No auditório Santander, Arri Coser, do NB Steak, ministrou a aula ‘Segredos da Costela Gaúcha’, e disse: “O evento está maior, mais estruturado, com mais espaço para as pessoas e melhores estandes. O espírito do Taste para mim é novas pessoas experimentarem o nosso produto e poderem conhecer a nossa história“.

Leila Kuczynski. do restaurante Arábia, que participou pela primeira vez do Taste, reconheceu que “o ambiente está muito bonito. Uma organização incrível! É um privilégio ver tanta gente e tanta qualidade!

Interação do público com os chefs durante as aulas

É um evento com uma estrutura muito completa. Muito diferente de todos os outros que já participei“, declarou o chef Marcelo Bastos, do restaurante Jiquitaia.

E o chef Gustavo Toledo, coordenador do curso de Gastronomia da Estácio, e que tinha cerca de 100 dos seus alunos no apoio dos restaurantes do evento, assegurou que “o evento, para nós da Estácio, é especial, pois propicia que o aluno esteja em contato com muitos chefs, pessoas com uma outra visão. Eles percebem a realidade do serviço dentro de uma cozinha, na prática.

Aula ‘Pão Sírio na Frigideira’ ministrada por Luiz Américo Camargo

 

Quem foi até o Taste pode conferir e degustar uma comida de alta qualidade. Agora é aguardar a edição do próximo ano, com o Taste of São Paulo 2018 repetindo o sucesso de público que foi esse grande festival de restaurantes.

 

 

 

 

 

Por Redação

Fotos: Fernanda Moura e João Rubens Shinkado

 

Deixe uma resposta

Márcio Silva: “No Buzina nós fazemos o que a gente gosta, cozinhamos o que a gente come”

Publicidade
Publicidade
© 2017 Infood - Todos os direitos reservados