A jovem Tati Lund é quem comanda o .Org Bistrô. Há cinco anos e meio, ela montou seu restaurante na Barra da Tijuca, que preza por uma alimentação saudável e saborosa.

Começou a fazer nutrição, mas desistiu e resolveu cursar gastronomia vegetariana no Natural Gourmet Institute for Health and Culinary Arts, em Nova York.

No .Org Bistrô, só utiliza ingredientes locais, frescos, sazonais, integrais, orgânicos e não processados, e tem como filosofia manter um negócio consciente e sustentável. Em função disso, seu cardápio está sempre mudando… “eu lido com uma sazonalidade diária!”.

Ela é a única sócia, e cuida de tudo sozinha: “Eu praticamente durmo e acordo aqui no restaurante”.

Convicta de sua filosofia e no que acredita, Tati afirma “Eu não sei fazer outra coisa que não seja vegetariana!”.

org-bistro

INFOOD – Como surgiu seu interesse por gastronomia?

TATI LUND – Eu sempre gostei muito de comida e de comer. Em função da minha paixão pela comida, eu decidi fazer nutrição na UFRJ, mas percebi que não era bem isso que eu queria. Nessa época, com 18 anos, eu virei vegetariana, e resolvi aprender a cozinhar. Fui então para Nova York fazer um curso de gastronomia vegetariana, chamado Natural Gourmet, lá eu me apaixonei pela cozinha e desde então eu nunca mais sai. Isso foi há 7 anos. Eu nem sei cozinhar carne, não faço nada de carne.

INFOOD – Como é o seu dia a dia? Tem sócios?

TATI – Eu praticamente durmo e acordo aqui no restaurante, nesses 5 anos e meio de casa. Eu não tenho sócios. Sou só eu. Cuido de tudo sozinha. Quando comecei aqui, eu tinha 23 anos, não sabia de nada – e continuo sem saber, mas estou crescendo.

INFOOD – Qual a maior dificuldade em empreender no ramo da gastronomia?

TATI – O que mais dá dor de cabeça são as pessoas. A mão de obra é a maior dificuldade que enfrento no restaurante.

INFOOD – Como é o cardápio da casa?

TATI – O cardápio muda diariamente. Eu decido no dia. Vejo o que eu tenho de ingredientes, o que vai chegar. Isso porque a gente usa tudo o mais fresco possível. Temos uma filosofia de usar só produtos locais, com produtores daqui da região, e que sejam orgânicos e certificados. Na verdade, eu lido com uma sazonalidade diária!

org-bistro-tati-lund-infood

INFOOD – O orgânico traz um sabor diferenciado aos pratos?

TATI – Com certeza ele tem um sabor superior, pois cresceu no tempo certo, amadureceu no tempo certo, o que traz um melhor sabor.

INFOOD – Os produtos diferenciados, orgânicos, acabam encarecendo o seu prato?

TATI – Sim. Não tem como ter o mesmo preço de um prato qualquer. Mas a gente tem como filosofia ter um negócio consciente e sustentável, então, eu tenho uma relação custo beneficio diferente. Os produtos são caros, mas o meu prato não é tão caro assim. Tentamos manter o preço justo.

INFOOD – Como você faz para equacionar isso e ter sua margem de lucro?

TATI – A margem de lucro é muito pequena. Eu consigo uma margem de, no máximo, 15% a 20%.  Sempre que preciso, faço alguns ajustes, mas sempre mantendo o padrão de qualidade.

orgbistro-2-infood

INFOOD – Os brasileiros estão cada vez mais preocupados com uma alimentação saudável, com a saúde. Você acha que isso é uma tendência?

TATI – A gente tem que ficar preocupado não só com o que faz bem para a nossa saúde, mas também com o nosso planeta.  Por isso a alimentação consciente, sustentável, equilibrada…

O meu público tem aumentado muito. Eu acho que hoje não há mais tanto preconceito com a comida vegetariana. Pode-se ter uma comida de alta gastronomia, sendo vegetariana, porém gostosa. 

INFOOD – Quais os seus planos para o futuro?

TATI – Tenho muitos planos! Meu programa está indo para a sua terceira temporada no GNT.

Eu pretendo abrir um outro restaurante, com uma outra proposta, mas também vegetariana – Eu não sei fazer outra coisa que não seja vegetariana!

INFOOD – Como você faz para conciliar tudo isso, e ter um tempo para seu lazer?

TATI – Eu não tenho tempo…mas é porque eu sou muito apaixonada pelo que eu faço. Então tudo se mistura: isso aqui é prazer!  Eu acordo todo dia feliz para vir trabalhar. Mas meus amigos vêm aqui, minha família vem aqui.

INFOOD – Que conselhos daria para aqueles que querem montar um negócio na gastronomia?

TATI – O importante é acreditar, e também ter um conceito bem definido. Muitas pessoas abrem e acabam fechando suas casas porque não têm um conceito definido. Eu sou muito fiel a minha filosofia, ao que eu acredito.

 

.ORG BISTRÔ
Avenida Olegário Maciel, 175 – Lj. G – Barra da Tijuca – RJ/RJ
Tel. (21) 2493-1791
www.orgbistro.com.br
Instagram: @orgbistro
Facebook: https://www.facebook.com/Org-Bistr%C3%B4-285448401493448/

 

Por Redação

Fotos: Divulgação

 

Deixe uma resposta

Um balanço do Mondial de la Bierè

Publicidade
Publicidade
© 2017 Infood - Todos os direitos reservados