É necessário treinar e ir além – capacitar, uma equipe de cozinha bem montada para, além de ser eficiente e trabalhar engajada, garantir os melhores resultados. As palavras podem até parecer ter o mesmo sentido, mas, não têm. Então, quando e como é que um funcionário deverá ser treinado e capacitado?

No sistema de brigadas de cozinha, o treinamento começa com o ensinamento dos serviços básicos e que deverão ser feitos até que se domine totalmente cada um deles.

Durante o treinamento, o funcionário terá diversas oportunidades de executar cada um dos serviços seguido um roteiro, cometendo erros e corrigindo-os para chegar ao domínio de cada um deles. Ele ainda terá orientação de seu líder e poderá elucidar as dúvidas que surgirem para adquirir conhecimento.

As brigadas são subdivididas em praças de trabalho onde cada uma executa um tipo de serviço diferente e cada uma tem sua equipe que deverá treinar junta para que todos dominem os serviços executados ali. Nesse sistema, a importância do treinamento em equipe se torna mais forte e cada componente acaba também conhecendo a parte do serviço feito pelo outro, proporcionando um “rodízio” entre as funções.

Atingido o domínio total dos serviços, há que se capacitar os funcionários que mais se destacarem em suas funções para que possam assumir as funções de líderes, uma vez que, como já passaram por todas as etapas e outras funções, já detém o conhecimento necessário para ir ao estágio de capacitação.

A capacitação deverá ser feita também em equipe para que o engajamento aconteça de maneira estruturada, destacando aquele funcionário como o mais novo candidato a líder, e que deverá ainda aprender como lidar com cada componente de sua futura equipe, criando vínculos para obter seus melhores resultados.

Uma empresa, com o seu plano de carreira bem desenvolvido, promove esses treinamentos e capacitações para que cada funcionário possa ser valorizado de acordo com seus conhecimentos, fazendo surgir assim, oportunidades de crescimento profissional e a formação de novos profissionais.

A vantagem para o empresário e para a empresa é ter equipes bem treinadas e capacitadas, que suprem com tranquilidade as necessidades de atendimento aos clientes, melhorando, e muito, a qualidade dos produtos e serviços e, é claro, trazendo maior possibilidade de lucro. Outra grande vantagem é poder contar com equipes coesas que trabalham engajadas e motivadas o tempo todo.

 

texto – Marcelo Santos
*Marcelo Santos (chefmarcelosantos@gmail.com) é chef de cozinha, professor de gastronomia, consultor de alimentos e bebidas e escritor e escreve para o site INFOOD às quartas-feiras

FORNO_FOGAO_CIA_CONSULTORIA_GASTRONOMICA

Uma ideia sobre “Treinar e capacitar em equipe é importante e necessário”

  1. Zizapatricio disse:

    Me ajudou muito essas informações.vai me dá suporte …

Deixe uma resposta

Todo cozinheiro precisa saber fazer sobremesa ?

Publicidade
Publicidade
© 2017 Infood - Todos os direitos reservados