Há pouco mais de 2 meses, foi inaugurada a Casa Vovó Palmirinha, um quiosque de café que conta no seu cardápio com 40 itens. Todas as receitas de salgados, doces e bolos são da própria Palmirinha. A ex-apresentadora tinha um sonho antigo de compartilhar suas receitas com todo o seu público.

Eu sempre quis retribuir ao meu público todo o carinho e fidelidade deles ao longo de mais de 20 anos, especialmente, na TV. Foram eles, meus amiguinhos e minhas amiguinhas, que me colocaram onde me encontro; devo a eles tudo que consegui. Saber que agora eles podem provar boa parte daquilo que fazia na TV … ah! Isso não tem preço!”, afirma essa bauruense de 86 anos.

Essa primeira loja fica na avenida Paulista, coração de São Paulo, e atende uma média de 300 pessoas por dia. A INFOOD conversou com Gustavo Felipe Quattrone, um dos sócios da Casa Vovó Palmirinha.

Quiosque Casa Vovó Palmirinha na avenida Paulista

INFOOD – Por que resolveram abrir uma cafeteria com o nome da Vovó Palmirinha?

GUSTAVO FELIPE QUATTRONE – Essa é uma ideia antiga, que vem da própria Palmirinha. Ele sempre teve a vontade de ter um lugar em que ela pudesse colocar seus salgados e bolos para o público comer. A história de vida dela tem tudo a ver com isso. Ela sempre cozinhou para fora para manter suas três filhas. Tomamos conhecimento desse sonho dela, meio que por acaso, e resolvemos viabilizar a ideia. Nós conversamos com ela, e o negócio andou. O sonho dela acabou virando o sonho nosso também.

INFOOD – Qual a participação da Palmirinha no negócio?

GUSTAVO – Na verdade, a Palmirinha licenciou a marca Casa da Vovó Palmirinha para nós, mas ela é muito mais do que uma licenciadora no formato do nosso negócio. Sempre deixamos claro que a queríamos perto da gente para fazer tudo junto. Hoje, pelo contrato que temos, nós podemos tocar as coisas com liberdade total.  Mas não queremos ter essa liberdade. Tudo que nós colocamos para venda, ela dá o ok dela, ou ela nega. Respeitamos 100% a opinião dela. Ela provou todos os produtos. Ela está envolvida em tudo. Isso para nós é muito bom.

INFOOD – Quem são os sócios?

GUSTAVO – Eu, o Sérgio Chamma, e mais alguns investidores.

INFOOD – Quanto tempo levou desde o início da ideia até a efetiva abertura do café?

GUSTAVO – Passaram-se cerca de 2 anos. Isso tudo para elaborar o business plan, traçar o projeto, escolher o lugar, sentar e ver com a Palmirinha todos os detalhes.

Pão de Queijo, um campeão de venda da Palmirinha

INFOOD – O mercado de cafeterias é bastante disputado. Como vocês se diferenciam da concorrência?

GUSTAVO – O nosso diferencial é a Palmirinha. Ela tem uma imagem muito forte. Quando pensamos num café, ainda falta aqui aquilo que remete à comida da infância, da comida da vovó. E todas as receitas são feitas com marcas aprovadas pela Palmirinha. Nosso produto é diferenciado.

INFOOD – Como preveem a expansão do negócio? Já tem algum outro ponto em andamento?

GUSTAVO – Nós temos um acordo de sentarmos a partir da terceira loja lançada. Não pensamos em crescer desordenadamente. Queremos que cada loja seja um pedacinho da casa da própria Palmirinha. Iremos lançar mais duas unidades até o final de 2018. Depois iremos sentar e decidir em que formato iremos crescer. Hoje já há muitos interessados em se tornarem investidores. E isso nos orgulha muito. Nos faz ver que estamos no caminho certo. Mas iremos crescer com o pé no chão. Primeiro São Paulo, depois Rio de Janeiro, e depois para o resto do país. Estamos indo atrás desses dois próximos pontos agora.

Mini churros da Casa da Vovó Palmirinha

INFOOD – Qual previsão de retorno dos R$ 250 mil que foi investido?

GUSTAVO – A previsão de retorno é de cerca de 10 meses. Tínhamos uma estimativa de faturar R$ 80 mil por mês em quatro meses. Mas já estamos faturando isso hoje, com 2 meses. R$ 100 mil reais para um quiosque é um valor muito bom. E dá para faturar ainda mais.

INFOOD – Qual o balanço desses dois meses de funcionamento da cafeteria?

GUSTAVO – Superou bastante nossas expectativas. Não tínhamos ideia de que seria tão bom. Nos primeiros 20 dias de operação, faturamos R$ 50 mil. E ainda não fizemos uma divulgação forte de PDV na região. Mas vem gente de todas as partes do Brasil nos visitar. Quem chega a São Paulo quer conhecer o nosso café.

 

Casa Vovó Palmirinha

Avenida Paulista, 1636, Edifício Paulista Corporate – São Paulo / SP
Tel. (11) 2371-1955
www.vovopalmirinha.com.br/casavovopalmirinha
https://www.facebook.com/casavovopalmirinha/
https://www.instagram.com/casavovopalmirinha/

 

 

Por Redação
Fotos: Divulgação

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Projeto Jovens Chefs leva gastronomia para alunos de baixa renda

Publicidade
Publicidade

Para receber a newsletter Infood, digite seu e-mail no box abaixo e clique na seta.

© 2018 Infood - Todos os direitos reservados