margem de lucro ideal para seu negócio

Margem de lucro ideal para seu negócio. Você sabe qual é?

Margem de lucro. Essa palavra assusta grande parte dos empreendedores no ramo de alimentação. Todo empresário gastronômico preocupa-se com a sua margem, cuja principal função é gerar lucros para a empresa e otimizar as vendas dos produtos.

Sócio da Cuor di Crema, gelateria destacada nos últimos rankings gastronômicos, o italiano Fábio Lampugnani disse que é fundamental ter paciência no início do negócio: “é inútil pensar em começar a ganhar dinheiro com três meses”. Para Lampugnani, há exceções, mas a regra é geralmente você colocar o dinheiro e apenas após 24 meses começar a lucrar com o seu negócio.

O chef Gustavo Rozzino, proprietário do Ton Ton, é um desses que enfrentam os desafios dos primeiros meses: “Temos apenas 10 meses de funcionamento e ainda estou pagando tudo o que comprei, BNDES, projetos. Estamos indo bem, na margem dos 15%, mas ainda não estou vendo nada disso, porque tudo vai revertido de volta para pagar”.

A primeira margem a ser calculada, no entanto, não é a margem do negócio, mas sim a do produto. Lampugnani ressaltou a necessidade de saber exatamente qual é o custo percentual que você vai ter das matérias-primas: “Assim você vai ter uma ideia do seu breakeven”. O próximo passo, portanto, é ter uma noção de quantos produtos você tem que vender para chegar a um breakeven.

Para quem está começando a empreender no ramo, Lampugnani afirmou que não é recomendável utilizar dívidas, mesmo em períodos difíceis. Em casos extremos, o conselho é utilizar dívidas de curto prazo.

É preciso preparar-se bem para esses meses iniciais: Luciano Guimarães, um dos donos da Pudim Mania, disse que o problema inicial é o capital: “você tem que ter a grana para montar o negócio e o capital de giro”. “No começo, sua margem é pequena. Com o dinheiro no banco caro e os impostos que lhe são taxados, isso mata o comércio”.

Em relação ao valor da margem, não há um número exato. Luciano considera qualquer margem de 35% razoável no ramo de alimentação. Já José Otávio Scharlach, que dirige o Buttina com sua esposa Filomena Chiarella, disse que considera ideal em torno de 15 e 20%: “Esse valor permite que você tenha um capital de giro, faça investimentos e tenha uma dinâmica mais forte diante do mercado”.

Contudo, a margem atingida pelos donos de negócios no ramo dificilmente chega a esses valores. Leandro Tavares, sócio do Carbone, disse que sua margem não passa de 10%. José Otávio afirmou que o Buttina não consegue alcançar atualmente a margem de lucro que considera ideal: “A gente já conseguiu atingir a margem de lucro ideal no passado, mas, no momento, estamos segurando a onda”.

 

Por Vinícius Andrade

3 thoughts on “Qual é a margem de lucro ideal para seu negócio”

  1. Ely Cezar Paizan disse:

    Boa Tarde
    Recebi uma proposta para adquirir um restaurante em funcionamento desde 2014. Os proprietàrios nào tem mais intençào de tocar o negòcio.
    Buffet de comida saudàvel e entrega de marmitas para um pùblico de Atletas, profissionais de saùde e os adeptos a comida saudàvel. PùBLICO ESPECIFICO!!!!!
    As instalaçòes sào òtimas e dentro das normas.
    Faturamento mèdio do ùltimo ano R$-44.000 e despesas R$-38.000
    Possui um cozinheiro, 4 auxiliares, 1 zeladora e 2 auxiliares total de R$-9.926 sem encargos.
    Eles Tem dividas a vencer mensalmente de parcelas de financiamento no vlr de R$-6.200
    Eu começaria a trabalhar sem nenhum investimento inicial, apenas honrar os compromissos acima, que totalizan R$-196.000 em curto e longo prazo.
    Em uma anàlise ràpida. o que poderiam me dizer.
    OBRIGADO

  2. Mônica disse:

    Bom dia.
    Inicio trabalho na área de festas (produtos).
    Descartáveis, balas, gelo carvão, água mineral,etc…
    uma pequena loja.
    Tenho 02 concorrentes em uma avenida próxima, mas uma distância que permite um nível de vendas bom para o incio.
    Quero saber uma margem exata para esses produtos.

    Grata

    Mônica
    31 971789679

  3. Infood disse:

    Bom dia Mônica,

    Não existe uma margem exata, mas recomendaria que você fizesse três coisas:

    1ª Procure o SEBRAE na sua cidade e busque orientações sobre formação de preços, eles podem te ajudar com consultoria e cursos;
    2ª Avalie seu negócio como um tudo. Feche um período, mínimo de um mês e veja como é a composição do resultado. Tirando todas as despesas qual é a margem, isto é, qual é o percentual do lucro em relação ao faturamento. Para restaurantes recomendamos buscar estar perto de 20%, para uma loja entendo que isto pode ser maior.
    3ª feito o exercício acima, veja se o valor que você ganha está deixando você feliz com seu negócio. Em caso positivo você deve estar com boas margens. Em caso negativo, faça um trabalho com os 5 produtos mais vendidos em sua loja. Veja qual é a margem individual de cada um deles. Estes produtos são chave, pois podem ser os grandes geradores de tráfego em sua loja. Em alguns deles, pode ser que a margem seja menor que sua média. Avalie se faz sentido, pois isto só se justifica se ele for um gerador de tráfego e também ajudar na conquista de outras vendas.

    Agora como existem diversos outros fatores, recomendo que você procure o SEBRAE em sua região.

    Att,

    Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O crescimento de restaurantes veganos e vegetarianos no Brasil

Publicidade
Publicidade

Para receber a newsletter Infood, digite seu e-mail no box abaixo e clique na seta.

© 2018 Infood - Todos os direitos reservados