O que é um DRE (Demonstrativo de Resultado do Exercício? Para que servem essas três letrinhas? Como isso pode contribuir dentro do meu negócio? Quais estratégias posso elaborar através dele? Vou esclarecer cada uma dessas perguntas.

O que é um DRE?

Primeiramente faço a pergunta: você sabe o que é um DRE – Demonstrativo de Resultado? Se sua resposta foi não, ligue agora para seu contador e verifique com ele. Caso sua resposta foi sim, parabéns! Agora vamos entender como ele pode e vai nos ajudar em na gestão.

O DRE – Demonstrativo de Resultado do Exercício – é uma ferramenta -ou se preferir, respeitando os amigos contadores, um relatório contábil que tem a função de consolidar de forma resumida ou detalhada toda movimentação de receitas, impostos, despesas,  lucro ou prejuízo de seu negócio ao longo de um período, que pode ser mês ou ano.

Ele se divide da seguinte forma:

Para que servem essas três letrinhas?

Com a utilização ou aplicação da leitura das informações que essas três letrinhas nos mostram, podemos: ter uma fotografia de como foi o desenvolvimento do negócio em um período específico; mapear índices relacionados a receitas ou despesas, gerando comparativos do realizado com o previsto e ampliando nossa visão para que contas ou linhas/receitas que podem ser otimizadas. Ainda que linhas de despesas possam ser suprimidas, gerando assim um ciclo de gestão ativa e constante.

Como isso pode contribuir dentro do meu negócio?

Ter um DRE é dizer que seu negócio tem o registro histórico de sua movimentação. Em outras palavras, o passado do seu negócio está todo registrado, permitindo ver o quanto ele engordou ou emagreceu ao longo do tempo, quais os acidentes ele sofreu e quais as vitórias ele teve.

Quais estratégias posso elaborar através dele?

Como dizer que, se você não tiver um, será difícil ter uma ou traçar uma estratégia, porque ausência de um DRE demonstra que sua contabilidade precisa de uma atenção. Possivelmente você não tenha um fluxo de caixa e que, sequer, faça um acompanhamento prévio de suas receitas ou despesas e deve tratá-las todas através de seu extrato bancário, conferindo o que entrou mais ou menos de cartão de crédito, visualizando se o valor vai dar para pagar a folha de pagamento. Isso é tenso, mas se estiver vivendo essa condição, leia esse artigo até o fim. Acredito que ele poderá lhee ajudar.

Através do DRE, podemos elaborar estratégias comerciais, planejar otimização de vendas de sua equipe, ações de marketing, acompanhamento de recebimentos e eliminação de atrasos ou diferenças em cartões de créditos, diminuição de despesas, eliminação de despesas que muitas vezes nem sabia da existência delas.

Contas como marketing, hortifruti,  alimentos secos, entre outros, podem ser atingidas totalmente com o mapeamento do investimento feito. Você obtém o consolidado garantindo o seu volume mensal e anual, e isso permite negociar melhores contratos com valores interessantes.

Ainda na área das despesas, é possível ter a média de compra mensal de seus insumos. Com isso, você cria grupos dos principais insumos, com recorte dos que mais impactam diretamente sua receita. Quando faz isso, vem à superfície todo o volume desses insumos e quanto de sua receita eles têm. Com essa informação, o seu dinheiro tem ainda mais valor e agora é ir pra cima dos fornecedores e convidá-los para aquele cafezinho. Nessa hora, você negocia frente a todo volume de compra gerado por você ao longo de um mês ou ano.

Já imaginou você podendo ler seu negócio através de um gráfico como esse acima, onde são mostrados suas receitas, despesas, lucro ou prejuízo? Esse é o nível de qualidade necessário para se obter controle e entender o desempenho do negócio, viabilizando e confirmando sua intenção de um novo investimento ou até mesmo o fim de uma operação.

Sucesso sempre! E lembre-se: consulte sempre um profissional, mesmo que seja para um café. Ele poderá lhe dar informações importantes.

Texto: Flávio Guersola
*Flávio Guersola é sócio da Guersola Consultoria & Assessoria em Empreendimentos Gastronômicos. Especialista em Gestão empresarial pela Fundação Escola de Comercio Alvares Penteado (FECAP), Formado em Hotelaria pela HOTEC. Com forte vivencia em empresas Multinacionais e independentes do ramo da Hospitalidade e 20 anos de experiência em empreendimentos gastronômicos, atua também como professor e palestrante, com experiência nas áreas de gerenciamento de alimentos e bebidas, planejamento de cardápio e gestão empreendedora.

One thought on “A importância do Demonstrativo de Resultado, o DRE, na gestão do seu restaurante”

  1. Fernanda Azambuja disse:

    Gostaria de receber Newsletter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Para receber a newsletter Infood, digite seu e-mail no box abaixo e clique na seta.

© 2019 Infood - Todos os direitos reservados