13 mar 2019

Mundo sem plástico

By

De acordo com estudo Euromonitor International – 10 Principais Tendências Globais de Consumo 2019 – o comportamento do consumidor está se modificando. Cada dia ele está mais cuidadoso e preocupado com o mundo em sua volta e consigo mesmo. Isso, de alguma forma, causa disrupção nos negócios.

A empresa analisou tendências emergentes que deverão ganhar força neste ano. Uma delas é o Mundo Sem Plástico. O consumidor está mais consciente e passa a tomar medidas para eliminar esse tipo de resíduo. A Euromonitor International estima que, globalmente, o plástico represente 63% de todas as embalagens de alimentos, bebidas, beleza, cuidados para a casa e ração animal.

O material tem como vantagens sua versatilidade e durabilidade, mas sua reutilização está bem aquém do desejado. Além disso, nessa sociedade onde tudo é fugaz e descartável, tudo aquilo que traz conveniência parece ser benvindo.

No entanto, o assunto plástico nunca foi antes tão debatido. A preocupação do consumidor tem afetado seus hábitos de consumo. A proporção de pessoas dispostas a pagar mais por embalagens recicláveis aumentou consideravelmente nos últimos anos.


O Projeto de Lei 99/2018, que proibe o canudo de plástico em SP, foi aprovado em primeira votação na Câmara Municipal

“Em vez do assunto ser 100% ‘livre de plástico’, talvez a meta deva ser um mundo ‘livre de resíduo plástico’. Acabar com excedentes e garantir a recuperação e reutilização do material é um começo”, afirma Rosemarie Downey, gerente de pesquisa de Embalagens do Euromonito International

Uma vitória importante relativa ao assunto é que no último dia 27 de fevereiro, o Projeto do Canudinho – Projeto de Lei 99/2018, de autoria do vereador Reginaldo Tripoli, do PV, foi aprovado em primeira votação na Câmara Municipal de São Paulo. O projeto dispõe sobre a proibição de fornecimento de canudos confeccionados em material plástico, nos restaurantes, bares, padarias e outros estabelecimentos comerciais.  Agora o projeto precisa ser aprovado em segunda votação para prosseguir com a sanção do prefeito.

Por Redação
Fotos: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Para receber a newsletter Infood, digite seu e-mail no box abaixo e clique na seta.

© 2019 Infood - Todos os direitos reservados