Perguntamos para Renata Vanzetto como a cozinha entrou na vida desta chef restaurateur, grande empreendedora, que acumula sucesso em seus negócios. Este é mais um capítulo da nossa campanha ‘Cozinhe para quem você ama’.

Esse ano Renata completa 11 anos de carreira. Parece muito para uma jovem de 29 anos, mas seu aprendizado na cozinha é ainda mais precoce, como ela mesmo nos explica: “Desde pequena sempre soube que trabalharia na cozinha. Tenho muitas lembranças da minha infância, com minha avó me ensinando diversas coisas. Quando fui crescendo, o gosto pela cozinha começou ficar cada vez mais sério e a ideia de ser chef amadureceu dentro de mim.”

Renata Vanzetto em uma aula no Taste of São Paulo em 2017

Do primeiro contato com a sua vó, a Dona Cida, logo Renata teve a chance de atuar como assistente, aos 14 anos num pequeno restaurante de sua família em Ilhabela, o Kinkhao: “Minha mãe teve um restaurante, mas durou pouco tempo, foram apenas três meses. Era uma sociedade com minha prima, que é chef de cozinha, e foi onde atuei como ajudante pela primeira vez.

O negócio não seguiu, mas Renata não parou mais. Aos 15 anos já fazia jantares particulares, e aos 17 anos, durante um mochilão em Barcelona, acabou ficando por lá sete meses e teve a chance de trabalhar como garçonete num bufê, seguindo depois para uma vaga no Saint-Rêmy, no sul da França, onde estagiou.

Toda a sua formação vem da prática, da experiência no exterior, mas muito do seu período de adolescência. Aos 18 anos, ela dá seu passo mais importante e, para surpresa de sua família, monta um restaurante em Ilhabela: “Quando eu abri o Marakuthai, eu estava seguindo o fluxo, mas pensei: ‘caramba eu abri um restaurante’. Achei que tinha ido longe demais”, nos conta Renata.

Quando ela viu tudo pronto, as mesas, a cozinha, percebeu que a gastronomia não ia mais sair da sua vida. Hoje comanda vários negócios, como o recém inaugurado Matilda laches. Também comanda três unidades do Marakuthai, o restaurante EMA, os bares MeGusta e Lambisgoia, além do bufê Marakuthai.

Participe também!

Nós queremos ouvir sua história, que pode ser de uma experiência de infância, ou do trabalho na prática. Envie seu texto e suas fotos que você pode aparecer aqui nesta série. Faça como Renata Vanzetto e conte sua história.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O turismo gastronômico como meio de desenvolvimento local

Publicidade
Publicidade

Para receber a newsletter Infood, digite seu e-mail no box abaixo e clique na seta.

© 2018 Infood - Todos os direitos reservados