Um dos grandes desafios do crescimento são as adaptações. Muitos negócios crescem dentro de um imóvel e acabam ajustando os espaços sem um correto estudo de uso e funcionalidades. Apresentamos um projeto de desenvolvimento de um novo prédio para um restaurante e casa de massas da Vila Mariana, a Casa de Massas Malandrino.

A FSone desenvolveu o novo projeto com objetivo de aproveitar os espaços do novo prédio, e ao mesmo tempo manter a identidade de uma operação que já existe há 78 anos, e mantém uma forte identidade com seus clientes e região de atuação.

O projeto amplia os espaço de atendimento do salão e cria uma cozinha de preparação, que vai permitir um melhor desenvolvimento das operações. Este é um bom exemplo do correto uso de uma empresa especializada para o desenvolvimento de um projeto na gastronomia.

Casa de Massas Malandrino

A Casa de Massas Malandrino, localizada na rua Capitão Macedo, 170/176 – Vila Mariana – São Paulo, foi fundada em 1940, pelo sr. Antonio Malandrino e atualmente é dirigida por Martino Malandrino (filho de Antonio) e por Analice Malandrino Gomes Corrêa (neta de Antonio). Conta com assessoria de Celso Gomes Corrêa Jr. (Marido de Analice) e de João Romeu Malandrino Gomes Corrêa (bisneto de Antonio).

Desde a sua fundação, tem como missão produzir massas de alta qualidade com preços justos. Fundada e gerenciada pela família Malandrino, mantém a tradição e o atendimento aos clientes como membros de sua família. Seleciona para seus produtos ingredientes da melhor qualidade e zela para que seus funcionários empreguem as melhores técnicas de preparo.

Atualmente mantém uma grande variedade de massas, molhos, antipastos, assados, pães, doces, queijos, vinhos, produtos oriundos da Itália, e outros adaptados ao paladar brasileiro.

Visando o futuro, desenvolveram a Minutela, desenvolvida e patenteada no INPI.  Trata-se de uma porção individual de alimento estratificado, embalado a vácuo e congelado, que mantém suas características originais de frescor, sabor, qualidade e durabilidade.  Produto inovador e único no mercado, alia praticidade no armazenamento e rapidez na finalização, com baixo custo para o cliente.

Fundada em 1940, a casa se prepara para inaugurar mais uma unidade, na mesma rua Capitão Macedo, no número 205. Foi implantado um conceito diferenciado para a Casa de Massas Malandrino.

Antigo Prédio

O prédio original possue uma área edificada superior a área útil do novo prédio, mas conta com um espaço de atendimento no salão do restaurante muito menor.

A fachada tradicional com a Casa de Masas e o salão do restaurante
A fachada tradicional do restaurante fundado em 1940
A entrada do salão do restaurante e de algumas mesas na calçada
Um pequeno salão do prédio antigo com 25 lugares
A visão interna do salão do prédio antigo
Os equipamentos na cozinha de produção do prédio antigo
Outra visão da cozinha de produção do prédio antigo

Um novo projeto

A contratação da FSone visa a atualização de conceitos para aplicação na loja atual e preparação da nova loja para o futuro da alimentação da clientela.Existia uma necessidade de produção das massas e a Minutela (como um produto inovador) e essas devem ser acompanhadas dos mais modernos conceitos em cozinhas.

Elaboramos, então, o Projeto Executivo Funcional, Projeto Básico de Arquitetura e Implantação Física dos Equipamentos em março de 2015. O projeto foi executado em área total de 353 m2, sendo o térreo (área social) com 185 m2 e piso superior (áreas técnicas e retaguarda) com 168 m2.

O desafio do projeto era aproveitar a área útil do novo terreno e concentrar toda a operação num único endereço, garantindo um melhor aproveitamento.

`Planta da adaptação da cozinha de finalização

Batizada de “Malandrino’s”, esta unidade será um restaurante para até 105 lugares, com ambiente climatizado, setor de autosserviço para a Minutela, adega, cafeteria e espaço para eventos.

Planta do empório

A cozinha industrial, panificação, confeitaria e gastronomia é um dos mais modernos espaços e conta com equipamentos para o preparo dos pratos. Área social tem aumento na disponibilidade de lugares para acomodar a clientela confortavelmente.

Planta da cozinha de produção no segundo andar do novo prédio

Novo prédio

A nova fachada mantém toda a tradição da casa original, que agora passa a se chamar Malandrino’s, com um novo conceito das operações, e um estudo de aproveitamento do espaço e coordenação das diferentes áreas de operação do negócio.

Nova fachada do imóvel
Na fachada, destaque para as diferentes regiões da Itália e as origens da família Malandrino
Um novo espaço para o salão que passará a contar com 105 lugares
A nova área de atendimento do restaurante
A visão da cozinha de finalização, e no fundo destaque para o elevador de carga que faz a ligação das cozinhas
Visão das áreas de preparo 3 e 4 na moderna cozinha de produção
Divisórias das áreas de embalagem e cocção, agora divididas e melhor organizadas
Detalhes da área de embalagens deenvolvida para atender a marca Minutela
Elevador de carga, que faz a ligação da cozinha de produção com a cozinha de finalização

A nova unidade representará a continuidade de aplicação dos tradicionais conceitos, adaptados às inovações na área de alimentação.

A Casa de Massas Malandrino permanecerá nas mesmas instalações desde sua fundação, onde já ganhou vários prêmios “Top of Mind” e publicações em jornais, nas colunas “Paladar” e “São Paulo honesta, por sua comida de qualidade e com preço justo.

Ainda não há previsão para inauguração. Celso e Alice, proprietários da casa, acompanham de perto a finalização dos acabamentos.

 

Texto Ivim Pelloso
*Ivim Pelloso é sócia, diretora de novos negócios e relacionamento na FSONE. Atua há 15 anos no setor de consultoria e projetos de cozinha industriais e restaurantes. Com formação acadêmica em nutrição e arquitetura. Também atua com conteúdo no foodservice, desenvolvendo matérias para revistas do setor, blogs, palestras, cursos, feiras, videos e atualmente apresento o programa Papo com Tempero na Alltv.
www.fs-one.com.br
https://www.facebook.com/fsonebusinessintelligence/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tsyuoshi Murakami: “O cozinheiro tem que saber escutar para aprender”

Publicidade
Publicidade

Para receber a newsletter Infood, digite seu e-mail no box abaixo e clique na seta.

© 2018 Infood - Todos os direitos reservados