06 maio 2019

O que esperar do Guia Michelin 2019?

By Infood

O guia Michelin chega esse ano à sua quinta edição brasileira, com uma seleção apurada dos melhores restaurantes e hotéis do Rio de Janeiro e de São Paulo. A lista do Michelin 2019 ainda está sob sigilo, mas a expectativa é muito grande. Hoje à noite serão revelados os restaurantes e suas respectivas distinções.
Espera-se para esse ano que aumente o número de restaurantes premiados, tanto com estrelas quanto os que oferecem melhor custo/benefício, os Bib Gourmands.

Como será a cerimônia do Michelin 2019

Diferentemente dos anos anteriores, além do tradicional coquetel para a revelação dos restaurantes estrelados e Bib Gourmand, o evento conta com um jantar para convidados, cujo menu será preparado pelos chefs Ivan Ralston, do Tuju; Helena Rizzo, do Maní; Thomas Troisgros, do Olympe, Mara Salles, do Tordesilhas; Paola Carosella, do Arturito; Victor Dimitrov, do Petí Gastronomia; e Gustavo Rozzino, do TonTon.

O bar fica sob a batuta de Jean Ponce, barman do Guarita Bar. DJ Scarlet, famosa por animar festas no eixo Rio-São Paulo com suas mixagens originais, também anima a noite no comando do som.

Após o evento de lançamento, o público terá acesso à seleção dos melhores restaurantes do Rio de Janeiro e de São Paulo por meio do aplicativo (compatível com os sistemas operacionais IOS e Android) e do site www.michelin.com.br/guiamichelin. A busca por estabelecimentos poderá ser feita por geolocalização, tipo de culinária, classificação no guia Michelin (estrelado, Bib Gourmand, O Prato), ticket médio e tipo de serviço.

Como é feita a seleção do Michelin

Todos os estabelecimentos listados nos guias de todo mundo são visitados e avaliados pelos inspetores do guia Michelin, cuja figura e método de trabalho são retratados em diversos filmes de gastronomia, tamanha a fantasia criada em torno desses profissionais. Contratados pela própria Michelin – que arca com todas as despesas para garantir a independência das avaliações -, os inspetores ostentam no currículo diplomas e experiência em hotelaria, hospitalidade e gastronomia. Não basta ser um gourmet de carteirinha. É preciso ter paladar apurado e ter conhecimentos sobre diferentes culturas culinárias. Para fins de reserva, os inspetores portam-se como clientes comuns e não fazem qualquer menção ao guia e ao real motivo de sua visita ao restaurante.

Tipos de distições do Michelin

Entre as distinções que uma casa pode receber estão: três estrelas Michelin, duas estrelas Michelin, uma estrela Michelin, Bib Gourmand e O Prato Michelin.

Três estrelas: atribuídas a cozinhas excepcionais, que valem a viagem;

Duas estrelas: atribuídas a cozinhas excelentes, que valem o desvio;

Uma estrela: atribuída a cozinhas requintadas, que valem conhecer;

Bib Gourmand: atribuído a cozinhas com excelente relação qualidade/preço;

O Prato Michelin: para cozinhas de qualidade a preços moderados.

Acompanhe aqui na INFOOD, que informaremos o resultado do Michelin 2019, tão logo ele esteja disponível.

Por Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Para receber a newsletter Infood, digite seu e-mail no box abaixo e clique na seta.

© 2019 Infood - Todos os direitos reservados