Aconteceu ontem, dia 30 de outubro, a divulgação da lista dos 50 Melhores Restaurantes da América Latina  – Latin America’s 50 Best Restaurants 2018. O evento ocorreu no Teatro Mayor Julio Mario Santo Domingo, em Bogotá, Colômbia pela segundo ano consecutivo.

O Brasil voltou a ter 9 restaurantes entre os 50 melhores da América Latina, alcançando seu melhor resultado nas seis premiações já realizadas. Com a saída do Esquina Mocotó de Rodrigo Oliveira, que fechou suas portas este ano, havia a expectativa de um número menor de casas.  Já era esperada a entrada do Restaurante Oro de Felipe Bronze, que tinha recebido o prêmio ‘One To Watch’ 2018, mas a boa novidade foi a entrada do Oteque do Alberto Landgraf. A premiação vem coroar um ano de ótimos resultados, reconhecendo o trabalho do chef, que volta a ter uma casa sua entre os melhores restaurantes da região.

Com certeza a lista trará debates acalorados. Como em todas as premiações, é impossível que se tenha um consenso, mas realizações como esta valorizam as casas e o trabalho realizado em nosso país.

Os 10 melhores

Maido do Peru manteve pelo segundo ano a posição de melhor restaurante da América Latina, e o Central também do Peru se manteve na segunda posição pelo segundo ano consecutivo. O país mantém forte presença com 3 restaurantes entre os 10 melhores e 9 entre os 50, mas novamente é o México o país com maior número de restaurantes entre os 50 melhores, com 11 casas, seguido da Argentina com 10 restaurantes.

Mitsuharu Tsumura do Maido, melhor restaurante da América Latina 2018

A Infood acompanhou todo o evento e faz um balanço dos resultados dos restaurantes brasileiros e da posição dos 10 melhores, além de apresentar a lista completa.

Prêmios especiais

Os prêmios especiais que já eram conhecidos foram entregues durante a divulgação da lista, e o primeiro a ser anunciado foi para o Manu de Manu Buffara do Paraná – Brasil, recebendo o prêmio ‘One To Watch’ 2018.  Este prêmio reconhece uma casa que deverá fazer parte da lista do próximo ano. O Brasil recebe este prêmio pelo segundo ano consecutivo. No ano passado Felipe Bronze recebeu pelo restaurante Oro. A escolha tem um especial significado, como destacado em matéria nesta semana, por se tratar de uma casa fora do eixo Rio – São Paulo. Depois da saída do Remanso do Bosque da lista de 2017, o Brasil só contava com restaurantes dos dois principais estados na relação, e é muito bom ampliar a visibilidade do trabalho de outras regiões brasileiras.

Manu Buffara ‘One to Watch’ 2018

Pia León, coproprietária do Central e chef-proprietária do Kjolle, ambos em Lima, foi reconhecida como a melhor chef mulher da América Latina 2018, María Elena Lugo Zermeño e Gerardo Vázquez Lugo, do Nicos, da Cidade do México, receberam juntos o Diners Club® Lifetime Achievement Award 2018, uma distinção única que celebra e reconhece a contribuição e a relevância da carreira desses chefs.

María Elena Lugo Zermeño e Gerardo Vázquez Lugo, do Nicos

Também foi conhecido o prêmio para o melhor chef patisserie da América Latina,  que foi concedido para Jesús Escalera do La Postrería do México. O prêmio The Art Hospitality foi para o restaurante Don Julio da Argentina, e o novo prêmio de restaurante sustentável foi para o restaurante Boragó do Chile.

Os 10 melhores restaurantes da América Latina

Novamente a lista dos 10 melhores teve algumas surpresas. Este ano houve 2 novos restaurantes entre os 10 melhores, com a entrada de Don Julio da Argentina e de Leo da Colombia. O Brasil manteve duas casas entre os Top 10, com  o restaurante A Casa do Porco de Jefferson Rueda em 7º lugar e o restaurante D.O.M de Alex Atala em 5º lugar, que novamente recebeu o prêmio de melhor  restaurante brasileiro, algo que aconteceu em todas as seis listas.

Os melhores restaurantes brasileiros entre os 50 melhores da América latina

O Brasil coloca 9 restaurantes entre os 50 melhores restaurantes da América Latina, uma casa a mais que em 2017, e chega no melhor resultado que já tinha sido alcançado em 2013, 2014 e 2016.

Os chefs brasileiros marcaram presença na premiação: Manu Buffara, Ivan Ralston, Rafael Costa e Silva, Thomas Troisgros, Jefferson Rueda, Janaína Rueda, Helena Rizzo, Felipe Bronze e Rodrigo Oliveira.

Rodrigo Oliveira e Adriana Salay
Janaina Rueda e Jefferson Rueda
Helena Rizzo
Felipe Bronze
Ivan Ralston
Thomas Troisgros
Rafael Costa e Silva
Foto de todos os premiados

A lista completa do 50 melhores restaurantes da América Latina 2018

 

50º   Tuju – Brasil

49º   Oro – Brasil – Novo na lista

48º   Amaz – Peru

47º   Osaka – Chile

46º   Narda Comedor – Argentina – Novo na lista

45º Mocotó – Brasil  

44º  Proper – Argentina

43º Restaurante 040 – Chile

42º Aramburu – Argentina

41º Rosetta – México

40º La Docena – México

39º Malabar – Peru

38º Gran Dabbang – Argentina – Novo na lista

37º Nicos – México

36º El Baqueano – Argentina

35º Corazón de Tierra – México

34º Le Chique – México – Novo na lista

33º Oteque – Brasil – Novo na lista

32º Elena – Argentina

31º Alcalde – México

30º Pangea – México

29º Maito – Panamá – Melhor restaurante do Panamá

28º 99 – Chile

27º Olympe – Brasil

26º Lasai – Brasil

25º Osso Carniceria Y Salumeria – Peru

24º Ambrosia – Chile

23º  Harry Sasson  – Colombia

22º  Parador La Huella – Uruguai – Melhor restaurante do Uruguai 

21º  El Chato – Colombia – Novo na listaMelhor estréia 

20º Máximo Bitrot – México

19º Chila – Argentina

18º Mishiguene – Argentina – Maior subida de posição

17º La Mar – Peru

16º Rafael – Peru

15º Villanos en Bermudas – Colombia

14º Sud 777 – México

13º Isolina – Peru

12º Maní – Brasil

11º Tegui – Argentina

10º Leo – Colombia – Melhor restaurante da Colombia

9º Quintonil – México

8º Astrid y Gastón – Peru

7º A Casa do Porco – Brasil 

6º Don Julio – Argentina – Melhor restaurante da Argentina

5º D.O.M. – Brasil – Melhor restaurante do Brasil

4º Boragó – Chile – Melhor restaurante do Chile

3º Pujol – México – Melhor restaurante do México

2º Central – Peru

1º Maido – Peru – Melhor restaurante do Peru e Melhor da América Latina

 O ranking por países

Entre os países, o México manteve a liderança, seguido de Argentina, Peru e Brasil

México   –   11 restaurantes

Argentina   –   10 restaurantes

Peru    –    9 restaurantes

Brasil   –   9 restaurantes

Chile    –   5 restaurantes

Colômbia    –   4 restaurantes

Uruguai   –   1 restaurantes

Panamá   –   1 restaurante

 

Baixe a lista em PDF: 

LatAm50Best2018_TheList

 

Por Redação

Fotos:  divulgação

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O crescimento de restaurantes veganos e vegetarianos no Brasil

Publicidade
Publicidade

Para receber a newsletter Infood, digite seu e-mail no box abaixo e clique na seta.

© 2018 Infood - Todos os direitos reservados