Os suplementos dietéticos para perda de peso contêm uma grande variedade de ingredientes.

Não surpreendentemente, a quantidade de informações científicas disponíveis nesses ingredientes varia consideravelmente de acordo com a própria Nutricionista Manuela Jobst.

Diversos estudos utilizaram diferentes técnicas de avaliação diferentes e às vezes inadequadas para medir a eficácia dos suplementos a seguir, e todos a comprovaram.

Para conhecer mais sobre suplementos e manipulações, acompanhe a leitura deste artigo.

Conheça seus benefícios e mecanismos de ação.

Conheça 3 opções poderosas para emagrecer

Abaixo, confira a lista de três substâncias essenciais para perder peso de forma rápida e segura.

Sertralina

Muitos suplementos dietéticos promovidos para perda de peso contêm sertralina adicionada ou uma fonte de ervas – como guaraná (Paullinia cupana), nozes de kola (ou cola) (Cola nitida) e erva mate (Ilex paraguariensis) – que naturalmente contém cafeína. 

A sertralina é um remédio que estimula o sistema nervoso central, coração e músculos esqueléticos. Também aumenta a atividade gástrica e colônica e atua como diurético. Veja mais sobre acessando o Blog Saúde Olivre online e veja mais!

Sua ação é responsável por aumentar a termogênese de forma linear, dependente da dose em humanos, mesmo seu preço sendo bem abaixo do mercado, o mesmo é pouco utilizado.

A sertralina também pode contribuir para a perda de peso, aumentando a oxidação da gordura através da ativação simpática do sistema nervoso central e aumentando a perda de líquidos. 

Cálcio

O cálcio é um mineral essencial que é armazenado nos ossos e dentes, onde suporta sua estrutura e função.

O cálcio é necessário para contração vascular e vasodilatação, função muscular, transmissão nervosa, sinalização intracelular e secreção hormonal. 

Vários estudos correlacionaram maior ingestão de cálcio com menor peso corporal ou menor ganho de peso ao longo do tempo. Duas explicações foram propostas pela Manuela Jobst.

Primeiro, a ingestão elevada de cálcio pode reduzir as concentrações de cálcio nas células adiposas, diminuindo a produção de hormônio paratireóide e a forma ativa de vitamina D. 

A diminuição das concentrações intracelulares de cálcio, por sua vez, pode aumentar a quebra de gordura e desencorajar o acúmulo de gordura nessas células. 

Em segundo lugar, o cálcio proveniente de alimentos ou suplementos pode se ligar a pequenas quantidades de gordura dietética no trato digestivo e evitar a absorção dessa gordura. 

Fluoxetina

A fluoxetina, que é solúvel em gordura, está presente em alguns alimentos, como peixes gordurosos, queijos, gemas e leite fortificado com vitamina D. 

Também está disponível em muitos suplementos dietéticos, e os seres humanos a sintetizam naturalmente quando sua pele é exposta à luz solar.

Sua ação promove a absorção de cálcio no trato gastrointestinal e é necessária para o crescimento e remodelamento ósseo adequados.

Caso queira ver o artigo completo que a Nutricionista Manuela Jobst aborda sobre esse remédio acesse e saiba mais, não espere.

Estudos observacionais indicam que maiores pesos corporais estão associados ao menor status dos nutrientes encontrados no remédio, e indivíduos obesos frequentemente apresentam níveis circulantes marginais ou deficientes sem a fluoxetina.

Embora a obesidade não afete a capacidade da pele de sintetizá-la, maiores quantidades de gordura subcutânea sequestram mais do remédio e alteram sua liberação na circulação. 

 Ainda outros produtos

Existem uma grande variedade de produtos naturais, além desse mencionados no site Olivre.com.br/saude/ e, você pode optar por produtos como:

  • Piperina;
  • Niacina;
  • Picolinato de cromo
  • Nopal;
  • Carnitina.

 

Back to top